quarta-feira, 29 de abril de 2009

HENRIQUE JORGE, UM BAIRO COM MAIS DE MEIO SÉCULO DE HISTÓRIA

Casa em que Rachel de Queiroz morou e a grande escritora cearense

O bairro Henrique Jorge é hoje uma “fábrica” de craques de futebol, de cantores, de artistas plásticos e muito mais. A simplicidade da vida do nosso bairro, misturada com a responsabilidade de que é peculiar a cada um dos seus moradores, ajuda para essa complexidade ligada às artes.
Costumam dizer algumas pessoas que no Henrique Jorge tem de tudo. Por exemplo, se você quiser um caldo, tem o Caldo de Bila e a Liduina; se quiser um bom salgado, é só ir ao Jerônimo e à Pastelaria HJ; se desejar um bom espetinho, é só procurar o Cai-Cai e também o Espetinho do Dedé; se deseja bater fotos para qualquer tipo de evento, é só falar com o Agapito e a Celma (ah! nessa época de chuva quando vem o relâmpago todo mundo fala: o Agapito já está batendo foto); se desejar um bom churrasco, vá ao Expresso Grill; se quiser saborear uma pizza é só ir ao Banana Mania. Você quer cerveja gelada? Chegue no Acaplan. Se tiver vontade de comer um feijão verde vá ao Bené. Seu carro teve problemas é só falar com o Genato (Lourinho) e se precisa de peças, vá a Padre Cícero; Mercantil?! Tem Super do Povo, Cometa e o Alcântara. Quer jogar sinuca, é só chegar até o Jurandir ou Maurão. Precisa cortar o cabelo é só procurar o Robério ou a Sheila. Seu filho precisa de transporte escolar, fale com o Tio Washington ou precisa de um colégio é só procurar o Felipe dos Santos ou Fernão Dias . É claro que temos muito mais a oferecer e em cada item citado temos vários outros fornecedores com qualidade.

UM POUCO DA HISTÓRIA DO QUERIDO HENRIQUE JORGE
Inaugurado no dia 3 de maio de 1950, com o nome de núcleo de Presidente Vargas. Algum tempo depois passou a chamar-se de Casa Popular, devido ao grande número de construção de casas de um mesmo estilo.Na década de 50, o bairro tinha poucas casas, tendo como proprietário de grande parte de suas terras o pai da grande escritora cearense Rachel de Queiroz, que também foi moradora do bairro, onde escreveu parte de seu livro "O Quinze", em seu quarto iluminado por uma lamparina. Ainda hoje a casa continua sendo propriedade da família.
Na década de 60, o bairro mudou de nome: antes era Casas Populares e agora seria Henrique Jorge, em homenagem ao maestro nascido em 1872 em Fortaleza, pai do governador Paulo Sarasate, amigo de Rachel de Queiroz e que era casado com Albanisa Sarasate e esta filha de Demócrito Rocha.
Henrique Jorge era um maestro conceituado e admirado em Fortaleza, sendo posteriormente fundador da Escola de Música Alberto Nepomuceno na capital cearense.
HJ GEOGRAFICAMENTE
Com área de 1.344m2, Henrique Jorge é um bairro da Zona Oeste de Fortaleza, capital do Ceará, que faz parte da Secretaria Executiva Regional - SER III. O bairro é composto por ruas que têm na sua maioria nome de capitais; apenas algumas têm o nome de pessoas ilustres como a antiga Brasília, que é a principal do bairro e atualmente chama-se Av. Senador Fernandes Távora; a antiga Salvador passou para Eurico Medina, que foi um líder comunitário do bairro. A rua Recife passou a ser Av. Audizio Pinheiro em homenagem ao proprietário da fábrica Unitêxtil localizada na referida rua.
Evidentemente que temos vários problemas com qualquer outro bairro, não temos um representante na Câmara dos Vereadores, o que precisamos fazer acontecer, mas temos muita coisa boa, como citado acima e muitas outras coisas ótimas que não teriam espaço para citá-las.
Se você ainda não conhece o bairro Henrique Jorge, venha conhecê-lo e se encante com sua complexidade.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

POR QUE O PÃO DA VITÓRIA É TÃO PROCURADO




Uma coisa que me impressiona é a quantidade de pessoas que frequentam a Padaria Vitória que fica na Av. Porto Alegre com Brigido Torres. Conversando com a Cristiane, ela relatou que "o pão é o mais saboroso da cidade", além da higiene como são tratados todos os produtos que lá comercializam. Na padaria vende biscoitos, tapiocas, "maria maluca", "paulista", todos saborosos, mas o carro chefe da Vitória é mesmo o pão, que tem sabor inigualável. Outra coisa que tem que ser ressaltado é o atendimento pela Mary, Cristiane, José Vera e Tiago, com muita atenção e simpatia com os clientes

domingo, 26 de abril de 2009

FORTALEZA VENCE CEARÁ EM JOGO COM VÁRIOS ERROS DA ARBITRAGEM


O Fortaleza saiu na frente na final do Campeonato Cearense. O Tricolor venceu o Ceará por 2 x 1 no Castelão com vários erros da arbitragem. Durante todo o jogo o árbitro Simon inverteu várias faltas e se não bastasse ele errou no primeiro gol do Fortaleza e também no do Ceará. No gol de Vanderlei para o Fortaleza, quase todo o estádio viu que o atleta tricolor estava impedido. No gol de Arlindo Maracanã, uma boa parte dos torcedores viu o atleta alvinegro se jogar sem ninguém tocá-lo. Houve também um erro crucial na não marcação de pênalti no atleta Coutinho do Fortaleza.
Deixando a arbitragem de lado, o clássico não teve grande emoções dentro de campo, apenas fora dele com a festa de ambas as torcidas. No gramado, o que se viu foi equipes voluntariosas e alguns atletas sem condições físicas. No lado do Fortaleza, Cleisson está muito longe de uma forma física ideal e do Ceará o lateral esquerdo Fábio Vidal era o mais desgastado. Os destaques foram, pelo lado do Tricolor, Coutinho e do Ceará foi Michel. No próximo domingo a grande final, e o Fortaleza jogará pelo empate. Parabéns ao trabalho da Polícia dentro e fora do estádio. É isso aí! Futebol não é guerra e sim um esporte, e um esporte apaixonante.

sábado, 25 de abril de 2009

QUAL O POINT DO HJ

Em enquete feita pela comunidade HJ no orkut para eleger o point do bairro Henrique Jorge, a grande vencedora foi a churrascaria Expresso Gril. Em segundo lugar ficou o Jerônimo Lances, terceiro foi a Pracinha do Henrique Jorge, quarto a Pracinha da Igreja e quinto, o Bené. Tivemos vários locais lembrados pela comunidade como Banana Mania, KI Fome, Kubanacan, Bar do Maurão etc. Vamos procurar sempre claborar para melhorar ainda mais nossas praças e qualquer outro ambiente em que frequentamos.

"DAS ANTA"


Elquias, um dos grandes atletas do Macacão


Esta semana me lembrei do racha do Macacão (depois passou a ser o campo do Henrique Jorge e, hoje, é o Colégio Airton Senna). Nas equipes me lembro de Raimundo Poeira, Elquias, João Rosa, Wellington, Juarez e muito mais. A bola era a dente-de-leite, uma dentro da outra para ficar mais pesada. Do lado de fora um garoto fazia acrobacias, era Maquinhos, hoje o meste de capoeira Espirro Mirim. Realmente essa história é DAS ANTA. Saudades dessa época, um abraço a todos!

sexta-feira, 24 de abril de 2009

O ESPORTE EDUCA


Prof. Jurandir, Mestre em Educação Esportiva, fala sobre educação e esporte. "Jura", que também é jogueiro usa bem as palavras para falar desse tema, pois é um grande estudioso do assunto, confira abaixo:


Desde a Antiguidade o movimento evoluiu juntamente com o homem, pois está dentro do conteúdo de todos os momentos de sua vida, seja no meio da religião, da dança, do esporte, do prazer pessoal, da vida social ou de ações naturais.
Como todo esporte exige movimento, foi se integrando na vida do homem de tal maneira que passou a ser uma atividade muito além do ganhar ou perder, e sim uma lição de vida, já que através desta prática esportiva o homem adquire uma infinidade de experiências.
Desta forma podemos afirmar que o Esporte é um meio de educação, pois é através dele que o homem sente a tristeza da derrota, mas aprende com ela, e se satisfaz com os benefícios da vitória sem humilhar seus adversários. Com isso aprende-se a respeitar seus semelhantes, a construir seu caráter e personalidade e a usar o movimento como meio de obter sua saúde.
É através do esporte que o homem aprende a lutar pelos seus ideais e enfrentar os problemas da vida cotidiana, já que o esporte exige esta dedicação por parte dos seus praticantes quando há um desejo de se chegar à vitória, desta maneira observamos que o esporte está na vida do homem não só para que ele realize movimento, mas para educá-lo em vários aspectos.
Assim o esporte se prolifera por todas as idades e em todas as classes sociais ajudando o homem a se desenvolver, a se socializar, a respeitar, a aprender e a competir para que através de todas estas experiências motoras, sociais e pessoais obtenha uma boa educação.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

HISTÓRIA DO NOSSO HENRIQUE JORGE-2


Visão aérea do nosso bairro, veja se consegue identificar as casas?!!!


Na década de 60 o bairro mudou de nome: antes era Casas Populares e agora seria Henrique Jorge, em homenagem ao maestro nascido em 1872 em Fortaleza, pai do governador Paulo Sarasate que era casado com Albanisa Sarasate e esta filha de Demócrito Rocha.

Henrique Jorge era um maestro conceituado e admirado em Fortaleza, sendo posteriormente fundador da Escola de Música Alberto Nepomuceno da capital cearense.


O HENRIQUE JORGE HOJE

Com área de 1.344m2, está situado na região administrativa nº 08, como está dividida a cidade de Fortaleza. De acordo com a divisão municipal localiza-se na Regional 03.

O bairro é composto por ruas que têm na sua maioria nome de capitais, apenas algumas têm o nome de pessoas ilustres como a antiga Brasília, que é a principal do bairro e atualmente chama-se Av. Senador Fernandes Távora, a antiga Salvador passou para Eurico Medina, que foi um líder comunitário do bairro. A rua Recife passou a ser Av. Audizio Pinheiro em homenagem so proprietário da fábrica Unitextil localizada na referida rua.

terça-feira, 21 de abril de 2009

PAPO COM O CRAQUE

Estamos estreando o quadro PAPO COM O CRAQUE. Não poderíamos começar com outra pessoa, que não fosse o hoje professor Paulo Rubens, grande craque que já jogou no Ferroviário, Uruburetama, Itapajé, Calouros do Ar, outros fora do estado, e também, claro, em várias equipes do subúrbio do bairro Henrique Jorge e em outros da nossa capital. Paulo Rubens, que hoje trabalha com educação, nesse quadro, fala de várias curiosidades do futebol da época em que jogava, é claro que ele ainda joga, nos rachas e veteranos da nossa cidade. Confira no vídeo:
video

segunda-feira, 20 de abril de 2009

FORTALEZA EMPATA NO SUFOCO COM GUARANY E VAI À FINAL


A equipe do Fortaleza, empatou ontem com o Guarany de Sobral, pelas finais do segundo do turno do Campeonato Cearense e vai fazer a finalíssima com o Ceará Sporting Club.

No começo do jogo parecia que ia ser fácil para o Tricolor de Aço, pois vencera o Cacique do Vale em Sobral por 4 x 1 e mostrara bem determinado dentro de campo, principalmente com o primeiro gol do zagueiro Edson, que me parece ainda está mal fisicamente. No segundo tempo, com vários erros de substituições do treinador Mirandinha, o Guarany subiu de produção, apesar do homem "a menos" que teve nos minutos finais. Domingo será um grande jogo, pois o Ceará está esperando a quase um mês. Não vamos esquecer que futebol é diversão e que a violência não tem vez nesse esporte.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

DIZIM ANIVERSARIA E COMEMORA NO ACAPLAN

Dizim, ladeado pelos amigos Davyson e Amaral


Senhor Edísio, mais conhecido como Dizim, integrante dos Kras d'Pau, grupo que não não perde um forró e pagode da capital alencarina, está aniversariando nesse sábado (18 de abril). O aniversariante promete muita cerveja e tira-gosto a vontade. A comemoração acontecerá no Bar do Acaplan, localizado na rua Natal, do nosso querido bairro Henrique Jorge. Parabéns Dizim, com certeza não faltarei a essa "barca"!

quinta-feira, 16 de abril de 2009

HENRIQUE JORGE FOI O 1º BOLA CHEIA DO FANTÁSTICO

O bairro do Henrique Jorge, é um "celeiro" de craques. No nosso bairro já saíram para brilhar nos gramados do Brasil e do Mundo: Mardônio, Claudemésio, Paulo Sérgio, Luis Carlos, Amaral, Romário Mendes, entre outros. Além de centenas de craques que atuaram ou atuam no nosso subúrbio. Não é por acaso que o 1º Bola Cheia do Fantástico de Fortaleza foi exatamente no nosso bairro. No dia 4 de abril de 2008 o Fantástico noticiava o racha da Ecatu como o Bola Cheia daquele domingo, confira no vídeo completo daquele dia:
video

quarta-feira, 15 de abril de 2009

KAROL ESTÁ VOLTANDO DA ITÁLIA

Karol e sua amiga Lê, na Itália


Karol, filha de seu Mário e dona Teresinha, irmã de Kelly e Karine estará pousando em Fortaleza, no dia 29. Karol, que está a mais de um ano da Itália vai matar a saudade de muitas pessoas, familiares e amigos. Ela que é uma garota muito divertida, vai deixar o bairro Henrique Jorge bem mais alegre com sua presença. Seja bem vinda Karol!

HISTÓRIA DO NOSSO HENRIQUE JORGE-1


Casa na Antonio Ivo, 455 e Raquel de Queiroz


Conheça um pouco da história do nosso querido bairro Henrique Jorge:
Inaugurado no dia 3 de maio de 1950, com o nome de núcleo de Presidente Vargas. Algum tempo depois passou a chamar-se de Casa Popular, devido ao grande número de construção de casas de um mesmo estilo que os moradores chamavam de casa popular.
Na década de 50 o bairro tinha poucas casas, tendo como proprietário de grande partes de suas terras o pai da grande escritora cearense Raquel de Queiroz, que também foi moradora do bairro, onde escreveu parte de seu livro "O Quinze", em seu quarto iluminado por uma lamparina. Ainda hoje a casa continua sendo propriedade da família.

1º DIA DE AULA DO IAN, NO INFANTIL 5 (C7S)