quinta-feira, 31 de maio de 2012

DIA DE COMBATE AO FUMO

O dia 31 de maio é a data escolhida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para o combate ao uso do tabaco. Segundo dados da entidade, o tabagismo ocupa o 4º lugar no ranking dos maiores responsáveis por mortes no planeta
Desde 1840 o cigarro passou a ser industrializado, proporcionando um grande aumento de pessoas que fumam por todo o mundo. Antes, os cigarros eram feitos manualmente, como os cigarros de palha.
Fumar faz mal porque o fumo quando queimado produz mais de quatro mil substâncias químicas, sendo que sessenta delas são cancerígenas.
A dependência é causada pela nicotina, um dos elementos presentes no tabaco ou fumo. Após a ingestão da fumaça, o cérebro é estimulado ao prazer, porque a nicotina cai na corrente sanguínea. Com isso, o fumante tem sensação de bem-estar, atenua a ansiedade, diminui a fome, perde peso, sente-se relaxado, etc.
O fumo é uma planta variável em mais de sessenta espécies, que podem ser preparadas para mascar, cheirar ou fumar. Porém, apenas algumas delas são cultivadas para o processo de industrialização.
O fumante, com o passar do tempo, adquire uma doença denominada tabagismo, que se caracteriza pelo excesso de nicotina no organismo.
O tabagismo não é facilmente curado, pois os efeitos do cigarro são processados pelo cérebro e causam prazer. Com isso, o tratamento volta-se para psicoterapias, acupuntura, uso de adesivos e chicletes de nicotina (que juntam pequenas quantidades da mesma no organismo até que a pessoa chegue à baixa taxa), inaladores ou sprays nasais.
Os maiores produtores de fumo do Brasil são os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais e Bahia.
As espécies mais cultivadas são de fumo para cigarro, charuto, cachimbo e o fumo de corda (aquele de rolo).
O maior dos malefícios do consumo de fumo é o câncer de pulmão, que responde por 90% dos casos da doença. Além desse, o cigarro também pode causar câncer de boca, mau hálito, dentes amarelados, impotência sexual, gangrena em partes do corpo (diminuição da circulação do sangue), dentre outras.
O tratamento do câncer de pulmão é de muito sofrimento e dor, tanto para o paciente quanto para sua família, pois é um tipo de câncer que pode levar facilmente ao óbito, em razão da sua capacidade de se disseminar para outras áreas do corpo.
Além das medicações que são fortes e causam efeitos colaterais no organismo, o paciente deve passar por sessões de quimioterapia, radioterapia, além de passar por procedimentos cirúrgicos.
Durante o tratamento, o paciente sente fortes dores no corpo, fica fragilizado e sem resistência, perde os cabelos, sofre com aftas e feridas na boca, náuseas e vômitos constantes, emagrece muito, fica anêmico e pode ou não apresentar febre (em razão da infecção).
Pessoas que não fumam devem ficar alertas, pois a inalação da fumaça do cigarro, mesmo que de outra pessoa, causa os mesmos males, sendo consideradas fumantes passivas. Outras nada podem fazer, como no caso de crianças que convivem com pais que fumam ou mesmo recebem a nicotina ainda na barriga da mãe.
Dessa forma, para se evitar a aquisição de um câncer ou outras doenças causadas pela fumaça do cigarro, o melhor a fazer é não fumar e ajudar a combater o consumo do fumo, do tabaco, devido aos sérios problemas que causam ao organismo.

DIA DO COMISSÁRIO DE BORDO

Hoje, 31 de maio, comemora-se o Dia do Comissário de Bordo.
A profissão exige muita força de vontade porque para ser um comissário de vôo não é facil, além de viver nas "alturas", tem que aguentar a saudade da família e amigos!
Para ser um Comissário de bordo é necessário fazer um curso completo e ter uma provação no IAC da Agência Nacional de Aviação Civil. Mesmo formado pela escola o futuro Comissário (a), tem de fazer provas Teóricas e práticas para que seja um efetivo Comissário (a) de vôo.
Comissário é um técnico em segurança, ou seja, responsável pelo cumprimento das normas e procedimentos de segurança no avião. Para isso ele recebe treinamento prático de sobrevivência na selva.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

DIA DAS BANDEIRAS

Hoje comemoramos o Dia das Bandeiras!
As bandeiras são símbolos que podem representar uma nação, estado, agremiação política, recreativa ou desportiva, etc. e, seja qual for a instituição que represente, toda bandeira é carregada de simbolismo.
A história nos mostra que as primeiras bandeiras que se tem conhecimento foram usadas desde as antigas civilizações, onde os povos as utilizavam para representar seus exércitos, além disso, serviam também para ser identificado pelos aliados.
Cada país no mundo possui sua bandeira. A bandeira é a identidade de nosso país, é o símbolo que representa toda uma nação e a soberania deste.
Porém não existem somente as bandeiras de cada país. Existem as bandeiras representativas de pessoas específicas e representativas de grupo de pessoas. A primeira pode representar uma pessoa particular, geralmente titular de um cargo estatal ou numa organização privada. Já a segunda representa a coletividade. Podemos ter as bandeiras nacionais, que representam toda uma nação, como por exemplo, a bandeira do Brasil. Temos também as bandeiras subnacionais, que representam territórios internos de uma nação, como por exemplo, a bandeira da cidade de São Paulo. Por fim temos as bandeiras de organização internacional como a bandeira das Nações Unidas, e as bandeiras de entidades públicas ou privadas, que representam empresas, clubes e universidades.

DIA DO GEÓLOGO

Hoje, 30 de maio, comemora-se o Dia do Geólogo.
A Terra e sua história, origens, estrutura e processos que a formaram e os que regem as transformações pelas quais ainda passa são objetos de estudo do geólogo. O profissional também deve estar atento à vida pré-histórica, registrada nos fósseis que são restos de seres vivos preservados em rochas.
Regulamentada no Brasil em 1962, a profissão é fiscalizada pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.
O QUE FAZ?
Em laboratórios, escritórios ou no campo, o geólogo pode atuar em dez áreas diferentes que são a paleontologia, petrologia, pesquisa mineral, geologia de petróleo, hidrogeologia, geotécnica, geoquímica, geofísica, geologia marinha e geologia ambiental.
Confira o trabalho do geólogo em cada uma delas:
Paleontologia
É a parte da geologia que estuda os fósseis, compostos por restos de animais e plantas petrificados. São muito importantes para determinar o tipo de ambiente e a época no qual os sedimentos se depositaram, além de indicar a idade de formação das rochas onde estão os restos preservados.

Petrologia
É o estudo das rochas que se dividem em ígneas, sedimentares e metamórficas.
Mas antes de entendermos, é preciso saber que a Terra é dividida em três camadas: núcleo, manto e crosta. A fusão dos dois últimos dão origem a um líquido chamado magma. Quando este se resfria e se solidifica forma as rochas ígneas.
Já as rochas sedimentares são fruto dos sedimentos que se acumulam nas depressões da Terra. E as metamórficas são formadas pelas modificações de temperatura e pressão sofridas pelas ígneas, sedimentares e outras rochas metamórficas.

Pesquisa mineral
Ao atuar na pesquisa mineral, o geólogo visa pesquisar um bem mineral em particular. No gráfico abaixo, você encontra dados sobre a produção mineral brasileira:

Geologia do petróleo
É o ramo da geologia que examina as camadas de rochas onde existe acumulação de petróleo. Resultado da decomposição dos restos orgânicos, este mineral se deposita nos poros das rochas sedimentares formando jazidas.
Fonte: IBGE

RACHA DA AMIZADE (WHITES VENCEM WINES)

Yvanzinho marcou 2
Nos primeiros minutos da partida o time vinho logo abriu uma vantagem de 2 gols, dando a impressão de que iria golear, devido ao volume de jogo apresentado., mas, com as entradas do Marquinhos e Lucas
o time branco subiu um pouco de produção e diminuiu para 2 x 1 num belo gol de Yvanzinho, após receber um passe (com açúcar) do Fernando. O placar do primeiro tempo terminou em 3 x 1 e poderia ter sido de mais se não fosse os 02 gols perdidos pelo Anchieta. No segundo tempo, com o empate do time branco, o time vinho ainda buscou a vitória, mas nada mais dava certo e saiu derrotado pelo placar de 5 x 3. Ressalte-se as providenciais intervenções do goleiro Bebeto do time branco.
Como diria meu amigo Brandão, com sua esperiência de comentarista, o primeiro tempo foi do vinho e o segundo tempo espetacular do time vinho.

FICHA TÉCNICA
WINES 3 X 5 WHITES

WHITES: Bebeto, Tarcísio (Bruno), Beto, Abner, Felipe (Lucas), Rosalvo, Bibi, Fernando, Yvanzinho, Kadim, Jorge (Marquinhos)
Gols: Marquinhos (2), Yvanzinho (2) e Bibi
WINES: Valtecir, Rafael Ronda, Gleidson (Romário), Souza, Alexandre, Prego, Wellington (Brandão), Jean, Dudé (Rafael Brandão), Douglas, Anchieta
Gols: Douglas, Anchieta e Jean
Cartão Amarelo: Gleidson, Prego, Valtecir, Yvanzinho

terça-feira, 29 de maio de 2012

DIA DO GEÓGRAFO

Hoje, 29 de maio, comemora-se o Dia do Geógrafo.
A profissão de Geógrafo foi regulamentada pela Lei n° 6.664, de 26/6/79, e Decreto n°85.138, de 15/12/80, e pela Lei n° 7.399, de 04/11/85, e Decreto n° 92.290, de 10/01/86.
A Geografia descreve e explica o ambiente do homem e seus efeitos sobre o modo de vida (latitude, topografia, altitude, repartição de terras, águas, disposição dos traços do relevo). É o estudo geral do Universo, das características da Terra e dos aspectos econômicos, sociais, políticos e culturais decorrentes da ocupação pelo homem.
Classifica-se em geral em geografia física, que concerne ao ambiente físico da Terra (atmosfera, biosfera, hidrosfera e litosfera) e geografia humana, o estudo das pessoas e suas atividades. Em ambas há ênfase na análise espacial, qual seja, o estudo das localizações e dos padrões.
A geografia aborda tanto as ciências físicas quanto as sociais, valendo-se de sua metodologia e de seu conteúdo, e também contribuindo para os mesmos.
Pode ser subdividida em diversas outras disciplinas especializadas, como, por exemplo, a geomorfologia, que constitui o estudo científico da origem e evolução dos acidentes geográficos; a geografia populacional, aplicada &agrcute;pios, estados e União.
Fonte: www.fsa.br

DIA DO ESTATÍSTICO

Hoje, 29 de maio, é o Dia do Estatístico.
O QUE É A ESTATÍSTICA?
O que modernamente se conhece como Ciências Estatísticas, ou simplesmente Estatística, é um conjunto de técnicas e métodos de pesquisa que entre outros tópicos envolve o planejamento do experimento a ser realizado, a coleta qualificada dos dados, a inferência, o processamento e análise das informações e a disseminação das informações.
O desenvolvimento e o aperfeiçoamento de técnicas estatísticas de obtenção e de análise de informações permite o controle e o estudo adequado de fenômeno, fatos, eventos e ocorrências em diversas áreas do conhecimento. A Estatística tem por objetivo, fornecer métodos e técnicas para lidarmos, racionalmente, com situações sujeitas a incertezas.
"Estatística é a ciência de torturar os números até que eles confessem."

ÁREA DE ATUAÇÃO
Grande parte das informações divulgadas pelos meios de comunicação atuais provém de pesquisas e estudos estatísticos. Os índices da inflação e de emprego e desemprego, divulgados e analisados pela mídia, são um exemplo de aplicação da Estatística no nosso dia a dia. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE é o órgão responsável pela produção das estatísticas oficiais que subsidiam estudos e planejamentos governamentais no Brasil.
Os conceitos estatísticos têm exercido profundas influências na maioria dos campos do conhecimento humano. Métodos estatísticos vêm sendo utilizados no aprimoramento de produtos agrícolas, no desenvolvimento de equipamentos espaciais, no controle do tráfego, na previsão de surtos epidêmicos bem como em melhorias de processos de gerenciamento, tanto na área governamental como nos negócios, de um modo geral.
Na prática, a Estatística pode ser empregada como ferramenta fundamental em várias outras ciências:
Na área médica, por exemplo, a Estatística fornece metodologia adequada que possibilita decidir sobre a eficiência de um novo tratamento no combate à determinada doença. A Estatística permite identificar situações críticas e, conseqüentemente, atuar em seu controle, desempenhado papel crucial, por exemplo, no estudo da evolução e incidência da AIDS.
Na área tecnológica, o advento da era especial susticou diversos problemas relacionados ao cálculo de posição de uma astronave, cuja solução depende fundamentalmente de conceitos e teorias estatísticas mais elaborados, considerando que estas informações (por exemplo, sinais de satélites) são recebidas de forma ruidosa e incerta.
Na área de Pesquisas de mercado e de opinião pública para definição de novos produtos, lançamentos, vendas, etc.
Na Indústria, controle estatístico de qualidade para otimização e análise de processos industriais.
Censos, levantamentos oficiais por amostragem e análises demográficas.
Definição de indicadores econômicos e sociais.
Em sociologia, estudo de fatores desencadeadores de comportamento violento, tipificação do uso de drogas, causas de reincidência de criminalidade, etc.
Na arte, estabelecendo padrões de estilo para a organização cronológica das obras de determinado autor, detecção de padrões predominantes na composição musical e suas diferenciações de estilo, etc".
Órgãos governamentais - federais, estaduais e municipais - empresas de economia mista, estatais, instituições de pesquisa, centros e departamentos de processamento de dados, firmas de planejamento, estabelecimentos industriais, comerciais, bancários e prestadores de serviço, empresas de pesquisa de opinião e de mercado, estabelecimentos de ensino, etc., bem assim, atuando como autônomo.
Acrescente-se a essas, as áreas de Farmácia, Psicologia, Odontologia, Ecologia, Biologia e Geografia, dentre outras, bem como a área do magistério - notadamente no ensino superior - que se vê descortinado, o vasto campo de atuação do profissional da Estatística.

PERSPECTIVAS FUTURAS DO ESTATÍSTICO
ESTATÍSTICA - A PROFISSÃO DO FUTURO
A demanda cresce dia após dia. Este crescimento uso da Estatística vem ao encontro da necessidade de realizar análises e avaliações objetivas e fundamentadas em conhecimentos científicos. As organizações modernas estão se tornando cada vez mais dependentes de dados e informações estatísticas para obter informações essenciais sobre seus processos de trabalho e principalmente sobre a conjuntura econômica e social. Devido a esta tamanha importância que a Estatística tem e terá cada vez mais no decorrer do tempo, hoje ela é conhecida como a PROFISSÃO DO FUTURO.
As informações estatísticas são concisas, específicas, eficazes e, quando analisadas com a ajuda dos instrumentos/técnicas formais de análise estatística, fornecem subsídios imprescindíveis para as tomadas racionais de decisão. Neste sentido, a Estatística fornece ferramentas importantes para que as empresas/instituições possam definir melhor suas metas, avaliar sua performance, identificar seus pontos fracos e atuar na melhoria contínua de seus processos.

MERCADO DE TRABALHO
A diversidade de atuação é um dos grandes atrativos da Estatística, que pode promover a melhoria da eficiência e também a solução de vários problemas práticos importantes em quase todas as áreas do saber: das ciências naturais às sociais. A Seguir, algumas das áreas em que a atuação do Estatístico adquire maior relevância, bem como as principais atribuições deste profissional.
Na indústria: No planejamento industrial, desde os estudos de implantação de fábrica até a avaliação das necessidades de expansão industrial; na pesquisa e desenvolvimento de técnicas, produtos e equipamentos; nos testes de produtos; no controle da qualidade e da quantidade; no controle de estoques; na avaliação de desempenho das operações; nas análises de investimentos operacionais; nos estudos de produtividade; na previsão de acidentes de trabalho; no planejamento de manutenção de máquinas, etc.
Na Área de Recursos Humanos: Na pesquisa da compatibilização entre os conhecimentos e habilidade dos empregados e as atividades desenvolvidas por eles; estuda os salários, as necessidades de treinamento (assim como avalia os treinamentos realizados); propõe planos de avaliação de desempenho do quadro funcional; elabora plano de previdência complementar e de fundos de pensão; avalia planos de saúde, etc.
Nas Universidades e nas Instituições de Pesquisas: O Estatístico pode atuar como docente, ministrando disciplinas relacionadas à Estatística, pesquisando e desenvolvendo novas metodologias de análise estatística para os mais variados problemas práticos e teóricos, assessorando pesquisadores de outras áreas, dando-lhes suporte científico para que consigam tomar decisões acertadas dentro da variabilidade intrínseca de cada problema, auxiliando-os na escolha da metodologia científica a ser adotada, no planejamento da pesquisa, na escolha qualificada dos dados, na análise das respostas, etc.
Na Área de Demografia: O Estatístico estuda a evolução e as características da população; estabelece tábuas de mortalidade; analisa os fluxos migratórios; estabelece níveis e padrões para testes clínicos; planeja e realiza experimentos com grupos de controle, para avaliação de tratamentos; desenvolve estudos sobre a distribuição e indicidência de doenças, etc.
Na Área de Marketing e na Análise de Mercado: O Estatístico traz um perfil adequado para trabalhar na monitoração e análise do mercado, nos sistemas de informações de marketing, na prospecção e avaliação de oportunidades, na análise e desenvolvimento de produtos, nas decisões relativas a preços, na previsão de vendas, na logística da distribuição e nas decisões de canais, no desenvolvimento e avaliação de campanhas publicitárias etc.
Na Área Financeira e Bancária: O Estatístico pode trabalhar na área financeira: no departamento de seguro e, também, na análise atuarial, na avaliação e na seleção de investimentos, no estudo e no desenvolvimento de modelos financeiros, no desenvolvimento de informações gerenciais; na definição, na análise e no acompanhamento de carteiras de investimentos; nas análises de fluxo de caixa; na avaliação e na projeção de indicadores financeiros; na análise das demonstrações contábeis; no desenvolvimento e no acompanhamento dos produtos e serviços financeiros etc.
As responsabilidades e atribuições do estatístico estão regidas pela Lei nº 4.739, fr 15 de julho de 1965, que criou a profissão, e pelo Decreto nº 62.497, que regulamentou o seu exercício profissional. O Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Estatística constituem as autarquias que têm por finalidade orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício da profissão em todo Território Nacional.

O PERFIL DO ESTATÍSTICO
A formação acadêmica do estatístico está fundamentada em conhecimentos de Matemática, Cálculo e Teoria das Probabilidades, Técnicas e Métodos Estatísticos, Computação, Métodos de Análise Estatística e Disciplinas Profissionalizantes.
Essa formação acadêmica básica permite ao estatístico utilizar técnicas para:
Efetuar levantamentos e análise de informações;
Planejar e realizar experimentos e pesquisas em várias áreas científicas; e
Formular a solução para os mais variados e complexos problemas concernentes à melhoria e otimização dos mais variados processos.
A exploração de vastas e diversas bases de dados estatísticos, hoje existentes, requer um profissional capaz de extrair daí relevantes informações através do uso de modernas técnicas de amostragem, modelagem e inferência, que são algumas das ferramentas usuais da Estatística.
A formação de estatístico desenvolve aptidões que lhe permitam solucionar problemas atuando como um detetive em busca de evidências quantitativas sobre determinados fenômenos.

É preciso, pois:
Uma boa dose de habilidade numérica, de raciocínio abstrato, de atenção concentrada, de exatidão e rapidez de cálculo, de meticulosidade, de facilidade para associar, deduzir e sintetizar;
Incorporar habilidades no uso de computadores, fator preponderante para o exercício da profissão;
Desenvolver uma boa comunicação oral e escrita;
Estar permanentemente aberto ao aprendizado de novas técnicas e métodos de trabalho;
Aprender a trabalhar em conjunto com profissionais de diferentes áreas do conhecimento.
Fonte: www.ccet.ufrn.br

sábado, 26 de maio de 2012

CEARÁ PERDE MAIS UMA NA SEGUNDONA

Fernando Henrique falhou no
primeiro gol
O Ceará perde mais uma na Segundona. Desta vez o Vovô perdeu para o Guaratinguetá, em São Paulo. O placar foi mesmo da estreia 2 x 1 e o time cearense continua sem marcar nenhum ponto. O primeiro gol do time paulista foi uma falha incrível do goleiro Fernando Henrique, já o segundo, em uma bela troca de passes a defesa do Ceará não acompanhou e Fran marcou mais um gol. No segundo Rogerinho descontou, mas ficou só na ameaça o empate alvinegro. O técnico PC Gusmão terá muito trabalho pela frente se quiser permanecer no cargo.

FICHA TÉCNICA
GUARATINGUETÁ 2 X 1 CEARÁ
Guaratinguetá: Saulo; Leandro, Vinícius, Peterson e Juan; Rafael, Bruno Formigoni, Fran (Paulinho Santos) e Júlio César; Lenílson (Rick) e Fabinho (Stefano)

Ceará: Fernando Henrique; Apodi, Luizão, Vitor Hugo e Márcio Careca; Heleno (Juca, Henrique), Régis (Reina), Eusébio e Tinga; Rogerinho e Romário

Local: Estádio Ninho da Garça
Árbitro: Wagner dos Santos Rosa-RJ
Assistentes: João Luiz Coelho-RJ e Wendel de Paiva Gouveia-RJ
Cartões amarelos: Rafael (G), Júlio César (G), Lenilson (G), Juca (C), Apodi (C), Luizão (C)
Gols: Fran, duas vezes para o Guaratinguetá e Rogerinho para o Ceará.

FORTALEZA PERDE PARA HORIZONTE EM AMISTOSO

Clodoaldo marcou duas vezes
O Fortaleza perdeu para o Horizonte, por 3 x 1, no estádio Domingão.
A partida serviu de preparação para os dois times, que deveriam estrear hoje nas séries C e D. Porém, com a suspensão das competições, ambos resolveram medir forçar para mexer seus elencos.
No Horizonte, a partida serviu para testar os recém-contratados. E deu certo. Além de Clodoaldo, Márcio Tarrafas também foi bem e fez o outro gol do Galo.
No Fortaleza, Nedo Xavier aproveitou para repetir algumas formações. Mas csó no primeiro tempo o técnico fez quatro mudanças. E coube ao volante Jefferson marcar o gol de honra.
O Leão jogou com João Carlos; Rafinha, Gilmak, Cléber Carioca e Marinho Donizete; Marielson, Esley, Doda e Assisinho; Cléo e Jaílson. O Galo foi de Mondragon; Granja, Airton Júnior, Da Silva e Johnny; Válter, Mateus, Dedé e Tarrafas; Clodoaldo e Stênio Jr.

terça-feira, 22 de maio de 2012

DIA DO ABRAÇO

Hoje, 22 de maio é o Dia do Abraço. Você já abraçou alguém hoje?

Dizem os orientais que,
quando abraçarmos uma pessoa querida a quem amamos,
devemos fazer da seguinte forma:
inspirando e expirando três vezes,
e aí sua felicidade se multiplicará pelo menos dez vezes.
O efeito terapêutico do abraço é inegável.
Diante disso não podemos esperar para abraçarmos a quem queremos bem.
Se você estiver sentindo um vazio interior,
tente abraçar o seu amigo (a),
deslizando delicadamente a mão sobre as costas dele (a),
para que o possa sentir junto a você.
Nos Momentos de dor e de alegria
é que vemos o bem que
um grande e demorado abraço nos causa.

Pelo abraço,
transmitimos emoções,
recebemos carinho,
trocamos afeto,
compartilhamos alegria,
amenizamos dores,
demonstramos amizade,
doamos amor,
expressamos nossa humanidade.
É tempo de enlaçarmos nossos braços num terno,
profundo e afetuoso abraço.

Fonte: Mensagens e Poemas

DIA DO APICULTOR

Hoje, 22 de maio, comemora-se o Dia do Apicultor.
O apicultor é quem cria abelhas melíferas (produtoras de mel). Essa prática remonta ao ano de 2.400 a.C., no antigo Egito. A importância do mel para a humanidade é indiscutível, pois é o adoçante mais antigo de que se tem notícia.
Com o sistema de caixilhos removíveis, feitos de madeira e onde as abelhas constroem os favos, o apicultor pode acompanhar o trabalho das abelhas e protegê-las contra doenças ou inimigos.
Existem outros acessórios que facilitam o trabalho dos apicultores, como véu de proteção para o rosto, luvas de couro, fumegador (instrumento utilizado para fazer fumaça) para acalmar as abelhas.
O mel é produzido a partir das flores existentes ao redor da colméia. Você já deve ter ouvido falar de Mel de Laranjeira, pois bem são feitos a partir das flores dos pés de laranja! Na colméia, o néctar trazido pelas abelhas campeiras vai ser transformado em mel, com um sabor e características especiais de acordo com as flores visitadas.
A apicultura tem alguns objetivos principais: produção de mel, de geléia real, de cera, de rainhas novas para as colméias, de própolis.
As abelhas são insetos sociais altamente organizados.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

RACHA DA AMIZADE (GOLEADA BRANCA)

Marquinhos marcou 4
O Time branco deu um verdadeiro banho de gols no time vinho, apesar do placar não refletir o que aconteceu dentro de campo, mas merecia a vitória, não pela grande diferença de gols, mas por ter sabido aproveitar as oportunidades surgidas. Logo nos primeiros minutos abriu uma vantagem de 3 x 1. O time vinho, durante uns 20 minutos dominou a partida, mas não conseguia transformar sua superioridade em gols e o time branco, contando, também, com a sorte foi dilatando o placar e terminou o racha ganhando por 12 x 4.
Registramos a presença de Prego, que mesmo doente participou da escalação das equipes.

FICHA TÉCNICA
WHITES 12 X 4 WINES
WHITES: Romário (Carlos), Rafael Ronda (Robson), Gleidson, Matheus, Alexandre, Rosalvo, Bibi, Fernando, Marquinhos, Kadim, Felipe (Márcio Torres)
Gols: Felipe (5), Marquinhos (4), Kadim (1), Gleidson (1), Robson (1)

WINES: Valtecir (Lucas), Souza, Beto, Lucas (Valtecir). Abner, Yvanzinho, Jorge, Dudé, (Romário), Igor, Brandão, Anchieta
Gols: Souza (1), Yvanzinho (1), Brandão (1), Romário (1)
Cartão Amarelo: Alexandre, Humberto, Matheus

SEGUNDO PEDALA FORTALEZA


Dando continuidade o coordenador do Evento PEDALA FORTALEZA, Hebert Lima, conversa com o HJ NOTÍCIAS e explica a realização do segundo momento do evento:
"O 2º PEDALA FORTALEZA será no primeiro domingo do próximo mês (dia 03/06/12) e terá como tema a defesa do meio ambiente. Sim, porque estaremos na Semana do Meio Ambiente e iremos aproveitar o passeio para destacarmos a importância de preservarmos o lugar em que habitamos. A saída será do Parque Rio Branco (entrada pela Rua Capitão Gustavo), passaremos pelo Cocó, haverá, ainda, uma parada para hidratação no Parque Adail Barreto e retornaremos ao Parque Rio Branco onde desfrutaremos de uma série de atividades culturais e serviços públicos para a população. Em breve estaremos disponibilizando o formulário de inscrição", conclui Hebert.
O HJ NOTÍCIAS não só apoia com vai participar do evento.

CEARENSE É UM DOS GANHADORES DA MEGA-SENA

Um dos dois ganhadores do prêmio principal da Mega-Sena do sábado (19 de maio) apostou R$ 56, no Ceará, e levou o prêmio de quase R$ 7 milhões. De acordo com a Caixa Econômica Federal, o cearense apostou oito números em uma agência lotérica do Bairro Praia de Iracema, em Fortaleza. Até a manhã desta segunda-feira (21 de maio), segundo a Caixa, o sortudo ainda não tinha resgatado o prêmio.
Além do apostador do Ceará, outro do Mato Grosso do Sul, também levou o prêmio principal e ficou com quase R$ 7 milhões. Os dois acertaram as seis dezenas do concurso 1.390 da Mega-Sena. O gerente da agência lotérica da aposta feita em Fortaleza afirmou que é a primeira vez que sai um prêmio de loteria no estabelecimento. Para o concurso do último sábado (19), a loteria da Praia de Iracema recebeu cerca de 900 apostas.
De acordo com a Caixa, 149 apostas acertaram a Quina e devem receber, cada, R$ 13.356,03. Na Quadra, 7.924 apostadores devem receber R$ 358,77. Os números sorteados foram: 04 - 19 - 27 - 28 - 29 – 31. O prêmio estimado para o próximo concurso é de R$ 2 milhões para quem acertar os seis números, o concurso será feito na quarta-feira (23 de maio).

DIA DA LÍNGUA NACIONAL

21 de maio é o dia dedicado a homenagear a língua nacional. Língua nacional é aquela que se fala numa nação. Na nossa nação, o Brasil, como você sabe, essa é a língua portuguesa. Então, pode lhe parecer o caso de se perguntar, antes de mais nada: uma coisa tão banal quanto a língua que falamos, que utilizamos a todo instante, até em nossos pensamentos, merece mesmo uma homenagem?
Para responder essa pergunta, é preciso ter em mente que uma língua não é, de jeito nenhum, algo tão banal quanto parece ser. A língua é um sistema de representação constituído por palavras e por regras que as combinam em frases, as quais os indivíduos de uma comunidade lingüística usam como principal meio de comunicação e de expressão, falado ou escrito.
Nesse sentido, a língua é abstrata como todos os conceitos. Ela só se torna concreta quando é usada por alguém no processo de comunicação. Isso ocorre toda vez que alguém fala ou escreve, de modo que o exemplo mais concreto que se pode oferecer agora é precisamente o texto que você está lendo. Ele foi escrito por alguém e para alguém com a finalidade de comunicar alguma coisa.

Comunidade lingüísticaNote que, nesses termos, isso poderia ter sido escrito em qualquer língua, se estivesse sendo escrito em qualquer outro país que não usa a língua portuguesa como meio de comunicação e expressão. E assim se revela a importância da expressão "comunidade lingüística" empregada na definição de língua. Toda língua é o meio de comunicação e expressão de um grupo de pessoas em particular, de uma comunidade específica, de um povo, de uma nação.
Isso deixa claro que há uma relação profunda entre uma língua e o povo que a fala. A língua é o meio de expressar a maneira pela qual esse povo - e nenhum outro - compreende o mundo, assim como é o meio através do qual esse mesmo povo se coloca no mundo. Portanto, a língua traduz a identidade de um povo, seu modo de ser e de estar.
O povo brasileiro se expressa por meio da língua portuguesa, aquela que os colonizadores portugueses trouxeram para nosso território, difundindo-a e fazendo-a tornar-se a forma de comunicação e expressão predominante por aqui. No entanto, a língua do povo brasileiro não é idêntica à do povo português.

Língua e históriaO português falado e escrito no Brasil recebeu a influência e a contribuição de diversas outras línguas, especialmente das diversas variações do tupi falado pela maioria das nações indígenas que aqui vivia antes da chegada do colonizador, bem como do idioma ioruba dos povos africanos jejes e nagôs que para cá foram trazidos como escravos. Trata-se de um longo processo que se estendeu ao longo de quase quatro séculos.
No entanto, não foram só as influências africanas e indígenas que ajudaram a moldar o português do Brasil. No século 19, nossa língua também foi influenciada pelo francês, que era falado pelas elites intelectuais do país. Já no início do século 20, vieram as contribuições dos imigrantes, em especial dos italianos, que se estabeleceram nas regiões Sudeste e Sul. Em matéria de línguas estrangeiras, é a influência do inglês que se faz sentir mais notadamente entre o fim do século passado e o atual.
A língua, portanto, é um fenômeno dinâmico, que está sempre evoluindo e se modificando. Desde as origens do português (e de todas as línguas) tem sido assim. A língua portuguesa originou-se do latim, o idioma que o Império Romano difundiu por todo o continente europeu por volta do século 3 a.C. E convém lembrar que esse latim já havia sido bastante influenciado pelo grego, uma vez que a civilização helênica tornou-se um modelo para Roma.

Línguas neolatinasDe qualquer modo, à medida que se afastou do seu centro de difusão, Roma, e se espalhou pelo continente, o latim foi sofrendo modificações e influências de línguas locais e regionais e passando por transformações. As mudanças não decorriam somente de fatores geográficos, mas ainda históricos: a passagem do tempo também contribui para que uma língua se altere. E a alteração pode ser tanta, que ela acaba se tornando outra.
Com o latim essas transformações ocorreram devem ter ocorrido e se acelerado entre o fim do Império romano do Ocidente (século 4 d.C.) e a Idade Média. Deram origem às línguas neolatinas, grupo que abrange principalmente o espanhol,o francês, o italiano, o português e o romeno, mas também o galego, o catalão e o provençal.
O português desenvolveu-se na península Ibérica. Diferenciou-se do que viria a ser o espanhol no século 9, quando o Condado Portucalense se desmembrou dos reinos de Leão e Castela, num processo que originou, respectivamente, Portugal e a Espanha. A língua portuguesa dessa época - o português arcaico - ainda diferia bastante da que falamos hoje.

Gramática e Acordo OrtográficoSomente por volta do século 16 o português ganhou sua forma "atual", encontrando sua maior expressão escrita em "Os Lusíadas", poema épico de Luís de Camões, que se transformou na principal referência para o estabelecimento de uma gramática da língua portuguesa. Por gramática, pode-se entender o conjunto de normas que determinam o uso de uma língua de modo a uniformizá-la, a torná-la comum e compreensível para todos os que a têm como língua materna.
Essa idéia de uniformização da língua portuguesa ganha um especial destaque no ano de 2008, quando se concluiu o Acordo Ortográfico que pretende padronizar e unificar o modo de se escrever as palavras do português nos países em que hoje ele é falado.
No presente, além de Portugal e do Brasil, o português é a língua nacional de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, e Timor Leste. Trata-se da quinta língua mais falada no mundo contemporâneo. Ela é um patrimônio comum a mais de 200 milhões de falantes no mundo inteiro.
A ideia que está por trás do Acordo Ortográfico é a de que qualquer falante da língua, independentemente do país de que provém, possa se entender com os outros falantes do português em qualquer país onde ele é a língua nacional.

sábado, 19 de maio de 2012

LIGA DOS CAMPEÕES DA EUROPA (MUITA EMOÇÃO, POUCO FUTEBOL E CHELSEA É CAMPEÃO)

Chelsea fez a festa.
O Chelsea venceu o Bayern neste sábado (19 de maio) nas cobranças de pênaltis e conquistou o título da Liga dos Campeões da Europa.
O time inglês jogou praticamente todo o jogo se defendendo, enquanto o Bayern jogava ofensivamente, mas sem conseguir acertar uma jogada de gol. Mas aos 38 minutos da segunda etapa Müller recebeu um cruzamento e cabeceou vencendo o goleiro Cech. Quando todos pensavam que a festa seria alemã, Drogba, também de cabeça, aos 43 minutos empatou a partida.
A partida foi para prorrogação e Drogba comeceu pênalti em Ribéri, mas Roben, o melhor jogador do Bayer, desperdiçou cobrando fraco para a defesa do goleiro inglês.
Nas cobranças de pênaltis, o Chelsea foi mais feliz, com Drogba cobrando a última penalidade e convertendo em gol, para a alegria da torcida inglesa.

CEARÁ ESTREIA COM DERROTA NA SEGUNDONA

A noite desta sexta-feira (18 de maio), não foi feliz para torcida do Ceará Sporting Club. O Vovô estreou no Campeonato Brasileiro da Série B perdendo para o América Mineiro por 2 x 1. Os gols da partida foram anotados por Rodriguinho e Fábio Júnior para o América e o zagueiro Daniel Marques descontou para o Ceará.
O time mineiro suportou a pressão alvinegra e abriu 2 x 0. O Ceará descontou na base da pressão e melhorou bastante com a entrada do estreante Tinga. O próximo jogo do Ceará será contra o Guaratinguetá, fora de casa.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 1 X 2 AMÉRICA-MG
Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)
Data: 18 de maio de 2012 (sexta-feira)
Horário: 21 horas (horário de Brasília)
Público: 17.820
Renda: R$193.501,00
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: José Wanderlei da Silva (PE) e Thyago Costa Leitão (PI)
Cartão Amarelo: Potiguar, Éderson e Misael (Ceará); Boiadeiro, Bryan, Fábio Júnior e Patrick (América-MG)
GOLS:
AMÉRICA-MG: Rodriguinho, aos sete minutos do primeiro tempo, e Fábio Júnior, aos 33 do primeiro tempo
CEARÁ: Daniel Marques, aos sete minutos do segundo tempo
CEARÁ: Fernando Henrique; Apodi, Daniel Marques, Potiguar e Márcio Careca; Heleno, Régis (Reina), Eusébio e Rogerinho; Éderson (Tinga) e Misael (Henrique Dias)
Técnico: PC Gusmão
AMÉRICA-MG: Neneca; Boiadeiro (Patrick), Gabriel, Everton e Bryan; Leandro Ferreira, Dudu, Gilberto (Lula) e Rodriguinho; Bruno Meneghel (Adeílson) e Fábio Júnior
Técnico: Givanildo Oliveira

Confira os gols da partida (imagens: Sportv):

sexta-feira, 18 de maio de 2012

DIA INTERNACIONAL DO MUSEU

Hoje, 18 de maio, comemora-se o Dia Internacional do Museu.
A palavra “MUSEU” , de origem grega, significa “templo das musas”., e já era usado em Alexandria para designar o local destinado ao estudo das artes e das ciências.
Hoje, o International Concil of Museums a instituição que conserva coleções de objetos de arte ou ciências, para fins de preservação ou apresentação pública.
Os museus modernos foram criados no século XVII a partir de doações de coleções particulares como a de Grimani a Veneza. Mas, o primeiro museu como conhecemos hoje surgiu a partir da doação da coleção de John Tradescant, feita por Elias Ashmole, à Universidade de Oxford, conhecido como Ashmolean Museum. O segundo museu público foi criado em 1759, por obra do parlamento inglês, na aquisição da coleção de Hans Sloane (1660-1753), que deu origem ao Museu Britânico.
O primeiro museu público só foi criado, na França, pelo Governo Revolucionário, em 1793: o Museu do Louvre, com coleções acessíveis a todos, com finalidade recreativa e cultural.
O Séc. XIX surgem muitos dos mais importantes museus em todo o mundo, a partir de coleções particulares que se tornam públicas: Museu do Prado (Espanha), Museu Mauritshuis (Holanda).
Somente em 1870, nos Estados Unidos, é fundado o Museu Metropolitano de Arte, em Nova York.
No Brasil, o primeiro museu data de 1862, o Museu do Instituto Arqueológico Histórico e Geográfico Pernambucano (Pernambuco). Os outros museus brasileiros foram todos fundados durante o século XX, sendo o mais importante, pela qualidade do acervo, o MASP - Museu de Arte de São Paulo, fundado em 1947.
PROFISSIONAL DO MUSEU
As pessoas que trabalham em museu são, acima de tudo, profissionais que buscam alta qualidade. Todo museu, seja especializado em arte, história ou tecnologia, tem como objetivo principal a primazia cultural.
Nessa área, a performance profissional qualificada é fundamental: atenção a detalhes; capacidade de análise, concentração, observação e organização; criatividade, curiosidade, gosto pela pesquisa e pelos estudos; habilidade manual, interesse em adquirir conhecimentos em outros setores, sensibilidade artística, senso crítico e estético são essenciais para se exercer um bom trabalho.
Não esquecendo que o principal compromisso de um museu é servir ao público e que um bom profissional não deverá jamais perder esse compromisso de vista.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

DILMA INSTALA COMISSÃO DA VERDADE

Em um ato que reuniu ex-presidentes da República e os mandatários STF (Supremo Tribunal Federal), da Câmara dos Deputados e do Senado, a presidente Dilma Rousseff (PT) instalou, nesta quarta-feira (16), a Comissão da Verdade, que passará os próximos dois anos apurando violações aos direitos humanos ocorridas entre 1946 e 1988, período que inclui a ditadura militar.
ENTENDA
De acordo com a lei que autorizou sua criação, a Comissão da Verdade deverá “reconstruir a verdade histórica” e “promover o esclarecimento dos casos de tortura, morte, desaparecimentos e ocultação de cadáveres”, entre outros pontos.
O alcance dessa comissão, no entanto, estará limitado por uma anistia que vigora desde 1979 que impede de levar à Justiça os suspeitos de terem cometido crimes de tortura, sequestro ou assassinato durante os chamados “anos de chumbo”.
A presidenta Dilma, também vítima de tortura nos dois anos que passou na prisão durante o período da ditadura militar, reafirmou que a Comissão da Verdade respeitará esse marco legal e se limitará à função que lhe foi encomendada, “sem revanchismos” de nenhum tipo. Isso foi ratificado na semana passada pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Gilson Dipp, um dos membros designados para a comissão.
Segundo Dipp, “a Comissão da Verdade é um compromisso do Brasil com sua história, com seu passado e com o esclarecimento da verdade das graves violações dos direitos humanos”. Outra das integrantes da comissão é a advogada Rosa Maria Cardoso da Cunha, amiga pessoal de Dilma e defensora de presos políticos durante a ditadura.


Confira uma parte do discurso da presidente Dilma Roussef:

DIA INTERNACIONAL DA COMUNICAÇÃO E DAS TELECOMUNICAÇÕES

Celebra-se hoje, 17 de Maio, o Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação, instituído pela União Internacional de Telecomunicações (UIT).
O 17 de Maio foi eleito como Dia Mundial das Telecomunicações porque, nesse dia, em 1865, foi fundada a União Telegráfica Internacional, que na década de 1930 transformou-se em União Internacional de Telecomunicações (UIT), um organismo da ONU, responsável pela harmonização e pelo desenvolvimento do setor.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

DIA DO GARI

Hoje, 16 de maio, comemora-se o Dia do Gari.
Os garis são os profissionais da limpeza pública que recolhem o lixo das moradias, edifícios comerciais e residenciais, além de varrer as ruas e também cuidar da capina da grama. Eventualmente também trabalham no desentupimento de bocas-de-lobo e na desinfecção de ruas. Têm seu dia comemorado em 16 de maio.
O nome profissional de GARI é em homenagem ao francês Pedro Aleixo Gary, primeira pessoa a assinar uma contrato de Limpeza pública com o Ministério Imperial. Organizando assim, a partir do dia 11 de outubro de 1876, a remoção de lixo das casas e praias do Rio de Janeiro. Vencido o contrato em 1891, entrou seu primo, Luciano Gary. Um ano após, a empresa foi extinta e inaugurada a Superintendência de Limpeza Pública e Particular da cidade, realizando um trabalho muito aquém do proposto em termos de limpeza pública.
Os cariocas, acostumados com a limpeza das ruas após a passagem dos cavalos, mandavam chamar a turma do Gary. Aos poucos o nome se generalizou e até hoje são chamados garis.
Para concluir sua tese de mestrado, o psicólogo social Fernando Braga da Costa, varreu as ruas da USP, a fim de comprovar a existência da “Invisibilidade Pública”, ou seja, o trabalhador de rua nada mais é que um ser invisível, tratado pela população menos que um poste ou um orelhão. Foram oito anos de experiência diária, por meio turno, compartilhando sujeira, desprezo, descaso dos transeuntes, tratado como uma máquina invisível de limpar.
O sociólogo declara haver uma mudança total na sua maneira de pensar e a seu ver, os garis são tratados de maneira pior que animais de rua; são tratados como uma "coisa". Às vezes por pressa, falta de sensibilidade ou educação, deixamos de enxergar e valorizar essas pessoas que fazem um trabalho importante e essencial para nossa sociedade.

terça-feira, 15 de maio de 2012

CURSO AVANÇADO DE LOCUÇÃO

Começou no dia 7 de maio, o Curso Avançado de Locução promovido pelo ESTUDIO CEARÁ, que tem a supervisão de Alex Ventura.
A primeira disciplina foi Fonoaudiologia, ministrada pelo fonoaudióloga Leilane Albuquerque e os alunos estão muito entusiasmados, principalmente pelas palavras de Leilane, elogiando bastante seus alunos.

Confira a performance dos alunos:


HJ NOTÍCIAS entrevista com a fonoaudióloga Leilane Albuquerque:

DIA DO GERENTE BANCÁRIO

Hoje, 15 de maio, comemora-se o Dia do Gerente Bancário.
O gerente de banco é o profissional que trabalha gerenciando as relações entre o cliente dono da conta e a instituição financeira onde atua.
É o profissional que trabalha com gerenciamento de contas bancárias em uma instituição financeira. O gerente é o elo entre o cliente, dono da conta, e a instituição bancária, sendo responsável por esclarecer dúvidas, realizar operações importantes, gerenciar informações sigilosas sobre o detentor da conta, confirmar operações de alto valor, realizar estornos, conceder empréstimos bancários, etc. É o gerente da conta que auxilia o cliente em operações de grande porte e tira as dúvidas dos clientes em casos de operações de investimento.

Características necessárias
Torna-se necessário, para ser um gerente de banco, que o profissional entenda profundamente da rotina bancária, do funcionamento dos sistemas e operações, além de deter conhecimentos de administração e economia, que são muito utilizados na área.

Outras importantes características:
* responsabilidade
* disciplina
* paciência
* metodologia
* capacidade de organização
* habilidade para lidar com as pessoas
* capacidade de observação
* raciocínio rápido
* pró-atividade

Formação necessária
É essencial que o profissional seja graduado em algum curso que tenha como uma de suas bases, números e contas, como administração, economia, matemática, ciências atuarias, etc. Porém, a forma de evolução do profissional muda, de acordo com a política da instituição. Geralmente, para se tornar um gerente é necessário que o profissional já trabalhe em uma instituição bancária e se destaque dentro da agência, ganhando assim a confiança dos seus superiores e se mostrando apto e capaz de realizar as funções de gerente. Cursos de pós-graduação e especialização são sempre bem vistos no mercado.

Principais atividades
* abrir contas físicas ou jurídicas, dependendo do departamento que trabalha
* atender seus clientes em caso de problemas ou dúvidas sobre a conta
* esclarecer dúvidas sobre saldos e extratos
* explicar e esclarecer dúvidas sobre planos de investimentos e taxas
* realizar investimentos orientados pelo detentor da conta
* resolver problemas referentes à cartões de créditos ou cheques
* realizar operações de grande porte, como grandes transferências de recursos
* explicar as condições e oferecer empréstimos bancários
* supervisionar o funcionamento de seus subordinados do departamento em questão
* organizar os documentos jurídicos necessários a cada operação
* oferecer novos planos de pacotes bancários que possam interessar seus clientes
* trabalhar com o objetivo de satisfazer as necessidades do cliente e prezar pelo bom atendimento sempre

Especialidades
Gerente de pessoa física: esse profissional trabalha com os clientes pessoas físicas, ou seja, trabalha representando os interesses dos próprios clientes. Nesse caso o gerente trabalha diretamente com o cliente, ou com seu procurador, sem intermediários, e trata de assuntos referentes às transações financeiras.
Gerente de pessoa jurídica: esse profissional trabalha com pessoas jurídicas, ou seja, trabalha representando os interesses de uma empresa, instituição ou organização. Nesse caso, o gerente trabalha com os representantes das empresas, que podem ser os proprietários ou qualquer um designado a representar a empresa diante do departamento financeiro.

O mercado de trabalho
Para os gerentes de banco, o mercado de trabalho é amplo e vem crescendo cada vez mais, pois, dada a facilidade que os bancos e seus serviços proporcionam aos clientes, cada vez mais pessoas preferem trabalhar com o dinheiro aplicado em instituições financeiras. Para que o profissional se destaque no mercado de trabalho é recomendável que ele se atualize constantemente por meio de cursos, palestras e treinamentos específicos de sua área. O domínio sobre um idioma estrangeiro também é um importante requisito.
Fonte: brasilprofissoes

segunda-feira, 14 de maio de 2012

LEVANTE POPULAR DA JUVENTUDE FAZ PROTESTOS EM FORTALEZA

Jovens organizados pelo movimento Levante Popular da Juventude promoveram protestos em Fortaleza, nesta segunda-feira (14 de maio) contra agentes da ditadura militar que torturaram, mataram, perseguiram militantes e pela instalação da Comissão da Verdade.
As manifestações denunciam que agentes da repressão continuam impunes, apoiam a instalação da Comissão da Verdade e exigem a apuração e a punição dos crimes cometidos durante a Ditadura Militar.
A Comissão da Verdade tem como objetivo esclarecer situações de violação aos direitos humanos, ocorridas entre 1946 e 1988, como tortura, morte e ocultação de cadáveres. O órgão deve identificar os responsáveis pelas violações. Os jovens apoiam a presidenta Dilma a indicar os sete conselheiros que coordenarão os trabalhos.

PH conversou com o HJ NOTÍCIAS:

DIA CONTINENTAL DO SEGURO

 No dia 14 de maio, é comemorado o Dia Continental do Seguro, data instituída em 1948 pela II Conferência Hemisférica de Seguros, realizada na Cidade do México, para homenagear a atividade seguradora e sua relevante missão econômica e social. Além disso, a data pretende estimular aproximação entre os profissionais de seguros das Américas.

domingo, 13 de maio de 2012

CEARÁ É BICAMPEÃO CEARENSE 2012

O Ceará é bicampeão cearense. Neste domingo (13 de maio), no estádio Presidente Vargas (PV), o Vovô empatou com o Fortaleza em 1 a 1 e levou o título do Campeonato Cearense de 2012.
Com a melhor campanha na primeira fase da competição, o Alvinegro tinha o direito de jogar por dois empates ou dois resultados iguais.
Precisando vencer para ficar com o título, o Fortaleza foi pra cima logo de início. O jogo não fluía entre os erros de passe e a marcação ferrenha das duas equipes. Apesar disso, foi o Ceará que se viu mais perto do gol. Aos 15 minutos, Apodi recebeu, driblou a marcação, mas chutou fraco. Márcio Careca também teve boa chance, mas chutou cruzado da direita e mandou para fora.
Aos 33 minutos, Felipe Azevedo dividiu com o goleiro João Carlos e no rebote conseguiu tocar devagarinho no rumo do gol. Mas Rafinha chegou a tempo de impedir a bola de entrar. Em resposta, logo Marielson avançou pela direita, deixou Eusébio pelo carinho e chutou de fora área,dando trabalho para defesa de Fernando Henrique. O jogo, que dava indícios de que finalmente iria deslanchar, voltou a ficar truncado e assim ficou até o fim do primeiro tempo.
No segundo tempo, Nedo Xavier trocou o volante Leandro pelo atacante Rômulo e o Fortaleza começou ainda mais incisivo. Geraldo desperdiçou duas oportunidades em sequência. A situação tricolor se complicou aos 6 minutos, quando Esley, que já tinha tomado um cartão amarelo, fez falta para conter Mota, que chegava em contra-ataque. O jogador tomou outra advertência e foi expulso. Os ânimos voltaram a se acirrar.
Aos 12 minutos, Felipe Azevedo arrancou pela esquerda e tocou para Romário, que quase abriu o placar, mas parou numa defesa à queima-roupa de João Carlos. Aos 16 minutos, Rafinha foi à beira da área, parou, pensou e cruzou para Jaílson subir e, de cabeça, mandar a bola para o cantinho do gol, antes que Fernando Henrique tentasse esboçar alcançar.
Sem alternativas, o Ceará tentou ser mais ofensivo, aproveitando Misael e Romário, que entraram. Logo depois de Thiego quase fazer gol contra, Romário ficou cara a cara com João Carlos de novo e goleiro tricolor levou a melhor mais uma vez. Logo depois o atacante alvinegro foi agarrado por Cléber Carioca e o juiz marcou pênalti. Nedo Xavier acabou expulso de campo. Na cobrança do pênalti, João Carlos quase pegou, mas Felipe Azevedo empatou o jogo e se isolou na artilharia do campeonato.
O Tricolor não desistiu, mas o Alvinegro passou a colecionar melhores oportunidades. Rogerinho ainda passou perto de ampliar o placar. Depois, em contra-ataque, Misael não foi alcançado pelos defensores, e, de frente para João Carlos, quase faz o segundo gol alvinegro.
A partir daí foi só desespero do Leão para tentar mudar o rumo do jogo. Mas, com o placar em 1 a 1 e a vantagem de ter feito a melhor campanha no somatório das fase anteriores, o título de campeão cearense de 2012 ficou com o Ceará.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 1 X 1 FORTALEZA
Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)
Data: 13 de maio de 2012, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA/MG)
Assistentes: Guilherme Camilo (MG) e Cristhian Sorence (GO)
Cartões amarelos: Leandro, Esley (Fortaleza); Régis, Romário (Ceará)
Cartões vermelhos: Esley (Fortaleza)
GOLS: Ceará - Felipe Azevedo, aos 27 minutos do segundo tempo ; Fortaleza - Jaílson, aos 16 minutos do segundo tempo.
CEARÁ: Fernando Henrique; Apodi, Potiguar, Thiego e Márcio Careca; Heleno (Reina), Régis (Misael), Eusébio e Rogerinho; Mota (Romário) e Felipe Azevedo
Técnico: PC Gusmão
FORTALEZA: João Carlos; Rafinha, Ciro Sena, Cléber Carioca e Cauê; Leandro (Rômulo), Marielson, Esley e Geraldo (Lucas); Cléo e Jaílson (Gilmak)
Técnico: Nedo Xavier

Veja o gol do título do Ceará:

DIA DAS MÃES

O Dia das Mães também designado de Dia da Mãe teve a sua origem no princípio do século XX, quando uma jovem norte-americana, Annie Jarvis, perdeu sua mãe e entrou em completa depressão. Preocupadas com aquele sofrimento, algumas amigas tiveram a ideia de perpetuar a memória da mãe de Anny com uma festa. Annie quis que a homenagem fosse estendida a todas as mães, vivas ou mortas. Em pouco tempo, a comemoração e consequentemente o Dia das Mães se alastrou por todos os Estados Unidos e, em 1914, sua data foi oficializada pelo presidente Woodrow Wilson: dia 9 de Maio.
DADOS HISTÓRICOS
A mais antiga comemoração dos dias das mães é mitológica. Na Grécia antiga, a entrada da primavera era festejada em honra de Reia, a Mãe dos deuses.
O próximo registro está no início do século XVII, quando a Inglaterra começou a dedicar o quarto domingo da Quaresma às mães das operárias inglesas. Nesse dia, as trabalhadoras tinham folga para ficar em casa com as mães. Era chamado de "Mothering Day", fato que deu origem ao "mothering cake", um bolo para as mães que tornaria o dia ainda mais festivo.
Nos Estados Unidos, as primeiras sugestões em prol da criação de uma data para a celebração das mães foi dada em 1872 pela escritora Julia Ward Howe, autora de O Hino de Batalha da República.
No Brasil, em 1932, o então presidente Getúlio Vargas oficializou a data no segundo domingo de maio. Em 1947, Dom Jaime de Barros Câmara, Cardeal-Arcebispo do Rio de Janeiro, determinou que essa data fizesse parte também no calendário oficial da Igreja Católica.
Em Portugal, o Dia da Mãe é celebrado no primeiro domingo de Maio, embora durante muitos anos tivesse sido comemorado no dia 8 de Dezembro, dia da Nossa Senhora da Conceição.
Em Israel o Dia da Mãe deixou de ser celebrado, passando a existir o Dia da Família em Fevereiro.
No Brasil é comemorado no segundo domingo do mês de maio. E é considerada uma data que move muito o comércio brasileiro.

RACHA DA AMIZADE (DE MANEIRA HERÓICA WHITES EMPATAM COM WINES)

Bruno entrou muito bem
A equipe dos Wines com atletas bem mais jovens, começaram arrasando, fazendo 4 x 1 em poucos minutos, mas os Whites com a experiência de Jorge, Bibi, Prego, Irapuan e Douglas, aos poucos foram tocando a bola com inteligência e empataram ainda na primeira etapa.
Com uma arbitragem confusa, pois o nosso árbitro Fifa Dodô não pode comparecer, o racha seguia com muitas reclamações.
No segundo tempo o nosso técnico, presidente, organizador e volante Júnior tirou Yvanzinho dos Whites e o colocou no Wines, o que deixou ainda mais forte o time de coletes Vinho. Como na primeira etapa os Wines começaram fazendo logo 2 gols, mas novamente com a experiência dos citados acima e a garra do zagueiro Bruno os Whites empataram partida e só não venceram porque Irapuan tocou a bola na trave depois de uma bonita triangulação com Douglas e Jorge.

FICHA TÉCNICA
WHITES 6 X 6 WINES
WHITES: Márcio, Rafael Ronda, Beto, Ivanzinho (Prego), Abner, Prego (Bruno), Tarcísio, Bibi, Irapuan, Douglas e  Jorge.
Gols: Irapuan, Jorge (2), Douglas (2),  e Bruno

WINES: Valtecir, Igor, Souza, Felipe, Alexandre, Rosalvo, Fernando, Jean, Dudé (Yvanzinho), Marquinhos e Anchieta.
Gols: Marquinhos (2), Felipe (2), Jean e Igor
Cartão Amarelo: Alexandre

sábado, 12 de maio de 2012

DIA MUNDIAL DO ENFERMO

Hoje, 12 de maio, é comemorado o Dia Mundial do Enfermeiro. A data é celebrada em homenagem a Florence Nightingale, um marco da enfermagem que ficou conhecida como A Dama da Lâmpada, por percorrer os leitos de soldados durante a noite em tempos de guerra. Ela foi a fundadora da Primeira Escola de Enfermagem da Inglaterra, fundada no Hospital Saint Thomas, em 1859.
No Brasil, em 20 de maio comemora-se o Dia Nacional dos Técnicos e Auxiliares de Enfermagem, na data do falecimento de Ana Neri, a primeira enfermeira voluntária do país. Assim como a europeia, ela deu nome à primeira Escola de Enfermagem oficializada pelo Governo Federal, em 1923.
Enfermagem é a arte de cuidar do ser humano, protegendo, prevenindo e cuidando da reabilitação e recuperação da saúde de todos. No Brasil, o enfermeiro é um profissional de nível superior da área da saúde. O enfermeiro é um preparado para atuar em todas as áreas da saúde: assistencial, administrativa e gerencial. Por aqui, temos ainda os auxiliares de enfermagem, de nível fundamental , e o técnico de enfermagem, de nível médio.
A verdade é que a profissão de enfermeiro já existia, mesmo antes de ter este nome. A história conta que, entre os séculos V e VIII, a Enfermagem era um dever dos religiosos. No século XVI, já passou a ser considerada uma atividade profissional. Nada mais justo para estes verdadeiros anjos que estão do nosso lado nos momentos que precisamos.

sexta-feira, 11 de maio de 2012

DIA DA INTEGRAÇÃO DO TELÉGRAFO NO BRASIL

A data é comemorada hoje, porque, no Brasil, o telégrafo foi inaugurado em 11 de maio de 1852.
Com o objetivo de modernizar o país, facilitar a comunicação entre o Palácio Imperial e o Quartel do Campo, no Rio de Janeiro, as primeiras linhas telegráficas instaladas no Brasil eram inteiramente relacionadas às necessidades políticas.
Com o fortalecimento da necessidade de integração política, o sistema telegráfico foi ampliado, passando a constituir uma pequena rede, incluindo o quartel-general, o morro do Castelo, o quartel de permanentes e os arsenais de Guerra e da Marinha.
Mais tarde, dado a importância desses serviços, surgiram os Telégrafos Elétricos.
Assim, o Telégrafo, foi adaptado e aprimorado por diferentes outros pesquisadores, alcançando uma maior difusão por volta de fins do século XIX, pela ação de Candido Mariano da Silva Rondon, considerado patrono das comunicações no Brasil.
Ainda, pode-se destacar como fase importante para a história do telégrafo no Brasil, bem como para a conjuntura política nacional, o uso deste meio de comunicação durante a Guerra entre Brasil e Paraguai.
Os autores chamam esta utilização de “aplicações militares do telégrafo”, uma vez que, ambos os lados, estariam a utilizar as linhas telegráficas, com finalidades bélicas.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

DIA DA CAVALARIA

Hoje, 10 de maio, comemora-se o Dia da Cavalaria.
Cavalaria é a arma das forças terrestres que, antigamente se destinava ao combate a cavalo, em ações de choque ou de reconhecimento. Historicamente, a cavalaria é a arma mais móvel dos exércitos e a segunda mais antiga - a seguir à infantaria.
Hoje em dia, são raros os exércitos que mantém forças de combate a cavalo. No entanto, em muitos deles, por tradição, continua a chamar-se "cavalaria" às forças e unidades que desempenham missões semelhantes às da antiga cavalaria, mas fazendo uso de veículos motorizados, de veículos blindados ou de helicópteros. Importante para os Exércitos, pois apresenta o poder ofensivo e defensivo, por meio de sua ação de choque, potência de fogo e proteção blindada.
Normalmente, a designação "cavalaria" não se estendia às forças que combatiam montadas em outros animais que não o cavalo, como o camelo ou o elefante. Igualmente, as tropas que se deslocavam a cavalo, mas que desmontavam para combater, eram conhecidas como "dragões", não sendo consideradas parte da cavalaria, senão a partir da segunda metade do século XVIII. No tempo de D. Afonso Henriques a cavalaria ligeira era chamada de "corredores". No Brasil, a cavalaria teve origem da necessidade que os oficiais, principalmente Pier Afonso Domingues, de conquistar território durante a Guerra do Paraguai, em 1870, sob o comando de Caxias. Pier Afonso, com a liderança de Caxias, consegui reorganizar tropas e saiu vitorioso em várias batalhas, até chegar em Assunção. A partir deste momento, juntamente com os ideais do General Manuel Luís Osório, atuante no Rio Grande do Sul, durante a Guerra do Paraguai, os Exércitos perceberam o grande valor da Cavalaria.
Desde os tempos mais remotos que a elevada mobilidade da cavalaria lhe deu uma vantagem como um instrumento multiplicador de forças. Mesmo uma pequena força de cavalaria poderia manobrar de forma a flanquear, evitar, surpreender, retirar e escapar, de acordo com as necessidades do momento. Um homem combatendo montado num cavalo tinha também a vantagem de uma maior altura, velocidade e massa inercial sobre um oponente a pé. Outro elemento da guerra a cavalo era o impacto psicológico que um soldado montado poderia infligir sobre um oponente.
O valor da mobilidade e do choque da cavalaria foi muito apreciado e explorado pelos exércitos da Antiguidade e da Idade Média, muitos dos quais eram constituídos, praticamente, apenas por tropas a cavalo. Isso acontecia especialmente nas sociedades nómadas da Ásia que originaram os exércitos mongóis. Na Europa, a cavalaria transformou-se, essencialmente, numa cavalaria pesada constituída por cavaleiros de armadura. Durante o século XVII a cavalaria europeia perdeu a maior parte das suas armaduras e, no final do século já só algumas unidades usavam armadura e esta, limitando-se à couraça do peito. A cavalaria tradicional sobreviveu até ao início da guerra de trincheiras na Primeira Guerra Mundial. A maioria das unidades de cavalaria foram então desmontadas e empregues como infantaria na Frente Ocidental. No período entre guerras, muitas unidades de cavalaria, foram motorizadas ou mecanizadas. No entanto, algumas tropas a cavalo ainda combateram durante a Segunda Guerra Mundial sobretudo na União Soviética, onde foram usadas tanto pelos Soviéticos como pelos Alemães e seus aliados. Hoje em dia, a maioria das unidades militares a cavalo ainda existentes, são usadas apenas para funções cerimoniais. Existem no entanto, algumas forças de combate a cavalo que atuam como infantaria montada para operar em terrenos de acesso difícil, como florestas densas e montanhas.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

FORTALEZA JOGA BEM MAS PERDE PARA O GRÊMIO NO OLÍMPICO

O Fortaleza, com um time reserva, jogou bem, mas perdeu para o Gêmio pelo placar de 2 a 0 na noite desta quarta-feira, no Olímpico, e Grêmio se classifica para as quartas-de-final da Copa do Brasil. Com a vantagem obtida no jogo de ida, o Grêmio jogou bastante cauteloso. A primeira etapa o jogo foi praticamente sem emoção. No segundo tempo o Tricolor de Aço estava bem melhor, quando o árbitro marcou uma penalidade de Wallison em Bertoglio. Leo Gago cobrou e fez 1 x 0. Momentos depois o o zagueiro Wallison foi expulso. No final o argentino Bertoglio fez o segundo gol.
DOMINGO TEM FINAL
No próximo domingo o Fortaleza estará na grande final do Campeonato Cearense, contra o seu maior rival: o Ceará. O Tricolor terá que vencer o Vovô, que joga pelo empte.

FERRÃO COMPLETA 79 ANOS

Jardel "cria" do Ferrão
Há 79 anos, no setor de locomoção da Rede de Viação Cearense, nascia o Ferroviário Atlético Clube, símbolo da democratização do futebol nacional e precursor do futebol profissional no Ceará. O Ferrão cresceu, tornou-se uma das três grandes forças do estado e hoje é a maior expressão esportiva de raizes operárias do Brasil, demonstrando grande vitalidade e seguindo forte diante de tantas dificuldades que assolam o futebol.
Foram muitas alegrias, conquistas e percalços, naturais a toda história gloriosa. Inúmeros confrontos inesquecíveis contra grandes times nacionais e até contra a Seleção Brasileira, em amistoso preparatório para os Jogos Olímpicos de 1968. Por falar em Seleção, pertenceu ao Ferrão o primeiro cearense a vestir a camisa amarelinha: Zé de Melo, em 1959. Depois dele, vieram outros, como Mirandinha e Jardel, ambos formados nas vitoriosas categorias de base do clube, a mesma fábrica de craques que criou Iarley, Márcio Mossoró, Mota e Siloé, para apenas citar alguns daqueles que ainda estão em atividade.
Ídolos, o Ferroviário tem uma extensa relação. Além dos três consagrados jogadores de Seleção, já citados, nomes como Popó, Pepê, Manoelzinho, Nozinho, Fernando, Aldo, Macaco, Pacoti, Edmar, Coca-Cola, Amilton Melo, Paulo Veloso, Simplício, Celso Gavião, Jacinto, Betinho, Jorge Veras, Luisinho das Arábias, Mazinho, Marcelo Veiga, Lima, Batistinha e Acássio, entre tantos outros, estarão para sempre guardados nas memórias dos fanáticos torcedores corais.
O Ferroviário tem ainda o privilégio de conviver com o Sr. Valdemar Caracas, fundador do clube, que completou lúcido, no fim do ano passado, 104 anos de idade. Dono de um patrimônio invejável, o Tubarão da Barra recebeu da FIFA a notícia de que a Vila Olímpica Elzir Cabral, seu estádio particular, foi selecionada, o único da capital cearense, como potencial Centro de Treinamentos de Seleções para a Copa do Mundo de 2014.
A galeria coral já contabiliza mais de 100 conquistas oficiais, entre campeonatos, copas, torneios e taças. Desde que estreou na 1ª divisão do Campeonato Cearense, em 1938, e de onde até hoje nunca saiu, o Ferrão acumula 9 títulos estaduais e 21 vices. Foi o primeiro, e até então único, clube de futebol do estado do Ceará a disputar uma competição internacional fora do território brasileiro, em 2007. Com 27 participações na principal competição nacional, o Ferrão esteve por 6 anos seguidos disputando a Série A do Campeonato Brasileiro, com outras 8 participações na Série B, 12 na Série C e 1 na Série D, além de mais 4 presenças na Copa do Brasil, incluindo a edição inaugural em 1989, como principal representante cearense.
Ao todo são mais de 3.200 jogos e mais de 1.600 atletas utilizados ao longo destas quase 8 décadas. Todos esses detalhes estão sendo minuciosamente resgatados em uma série de pesquisas que, brevemente, gerarão um livro e um almanaque, tornando o Ferroviário o único clube do futebol nordestino a conhecer profundamente a sua história. Além do futebol, carro-chefe coral, o Ferrão possui também equipes vitoriosas em outros importantes esportes, com destaque para o Futsal, Futebol de Mesa, Handebol, Atletismo, Ciclismo, Basquete, Hóquei sobre Patins e Tênis de Mesa.
São 79 anos de vida, 79 anos que sempre se renovam. O Ferroviário é um jovem que continua sonhando alto e que, certamente, vai chegar ao topo dada a persistência de seus novos e velhos mandatários, unidos rumo a mais 79 anos de glórias. Definitivamente, não é para qualquer um. E viva o Ferrão, porque ele é eterno. Parabéns, Família Coral. Feliz Aniversário, amor da vida de centenas de milhares de pessoas.
JANTAR DE ADESÃO
Marcando o dia 9 de maio de 2012, em comemoração ao aniversário de 79 anos do Ferroviário Atlético Clube, acontece hoje, quarta-feira, um jantar de adesão no ambiente climatizado do Restaurante Sirigaddo Aldeota, às 20h, situado na Avenida Barão de Studart, número 825.
O ingresso individual custa R$ 50,00 e poderá ser adquirido no próprio local. Na oportunidade, a nova diretoria do Conselho Deliberativo apresentará aos presentes o seu plano de ação para o restante do ano. Os conselheiros efetivos do clube terão entrada livre e serão simbolicamente diplomados no evento.
Além do momento de alegria por mais uma importante data, será uma excelente oportunidade de reunir a família coral e repensar o futuro do Ferrão. Todo o dinheiro arrecadado será destinado ao pagamento de alguns salários ainda em atraso dos funcionários do clube.

LEÃO TREINA EM PORTO ALEGRE

Leão treina no Sul
Delegação do Fortaleza desembarcou no Aeroporto Internacional Salgado Filho às 14h30min, seguindo direto para o Estádio Beira Rio, onde a delegação foi recebida pelo técnico do Internacional, Dorival Júnior, que dirigiu o Leão em 2005. Depois das boas vindas do comandante colorado, o elenco tricolor participou de treinamentos específicos, em um dos campos anexos daquela praça de esportes. Para o grupo que atuou os noventa minutos no Clássico-Rei, apenas uma atividade regenerativa, com voltas em torno do gramado e exercícios leves. Já os demais atletas fizeram um trabalho técnico com campo reduzido, seguido de um ensaio de finalizações.
Vinte e dois jogadores compõem a delegação leonina em solo gaúcho. Além deles, fazem parte do grupo, o Superintendente de Futebol, Jurandi Júnior, o técnico Nedo Xavier, o auxiliar técnico Carlos Pacheco, o preparador físico Altamir Júnior, o médico Henrique Bastos, o assessor de imprensa Nodge Nogueira, o preparador de goleiros Salvino Damião, o mordomo Claudio Sexta, e o massagista Manoel Almeida. O presidente Osmar Baquit também acompanha a delegação tricolor no Sul do País, bem como o diretor de futebol, Jorge Mota, e o assessor da presidência, Adailton Campelo.
A torcida do Leão, aqui em Fortaleza, apesar das grandes dificuldades, confia no Tricolor de Aço.

DIA DA EUROPA

As ideias que estão na base da União Europeia foram formuladas, pela primeira vez, em 9 de Maio de 1950 pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros francês Robert Schuman. Esse dia é comemorado todos os anos como um momento fundamental para a criação da UE.
No dia 9 de Maio, o Dia da Europa, comemora-se o aniversário da «declaração Schuman». Discursando em Paris em 1950, Robert Schuman, Ministro dos Negócios Estrangeiros francês, propôs uma nova forma de cooperação política para a Europa, que tornaria impensável uma nova guerra entre os países da Europa.
A sua visão passava pela criação de uma instituição europeia supranacional encarregada de gerir a produção em comum de carvão e aço. Um ano mais tarde, era assinado um tratado que criava uma entidade com essas funções que entrou em vigor em Julho de 1952.
Considera-se o que é hoje a União Europeia teve início com a proposta de Schuman.
Numa cimeira europeia que teve lugar em Milão, em 1985, foi decidido comemorar o «Dia da Europa» a 9 de Maio.

Carta de 2012
O Dia da Europa é uma oportunidade para organizar festividades e eventos destinados a aproximar as instituições europeias do público e os povos europeus entre si.
Cartazes do Dia da Europa de 1996 a 2012
Todos os anos, por ocasião do Dia da Europa, é escolhido o cartaz que melhor ilustra a ideia da União Europeia. Veja o cartaz escolhids para 2012.

1º DIA DE AULA DO IAN, NO INFANTIL 5 (C7S)