quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

ANO BISSEXTO

Chama-se ano bissexto o ano ao qual é acrescentado um dia extra, ficando ele com 366 dias, um dia a mais do que os anos normais de 365 dias, ocorrendo a cada quatro anos. Isto é feito com o objetivo de manter o calendário anual ajustado com a translação da Terra e com os eventos sazonais relacionados às estações do ano.O presente ano (2012) é bissexto. O último ano bissexto foi 2008 e o próximo será 2016.
A origem do nome bissexto advém da implantação do Calendário Juliano em 45 a.C. que se modificou evoluindo para o Calendário Gregoriano que hoje é usado em muitos países a todos os quais ocorrem os anos bissextos.
Dentro de um contexto histórico, a inclusão deste dia extra, dito dia intercalar, ocorreu e é feita em calendários ditos solares em diferentes meses e posições. No Calendário Gregoriano é acrescentado ao final do mês de Fevereiro, sendo seu 29º dia.
Hoje a expressão bissexto vez ou outra é associada ao duplo seis (66) da expressão 366, o que expressa uma coerência mnemônica popular, porém, aos estudiosos é um grande e histórico equívoco.
Motivação dos anos bissextos
Acrescenta-se um dia a mais para se corrigir a discrepância entre o ano-calendário convencional e o tempo de translação da Terra em volta do Sol tomando-se o ano trópico que utiliza o equinócio vernal (ou seja, o equinócio de primavera no hemisfério norte) como referência. A Terra demora aproximadamente 365,2422 dias solares (1 ano trópico) para dar uma volta completa ao redor do Sol, enquanto o ano-calendário comum (por convenção) tem 365 dias solares. Sobram, portanto, aproximadamente 5h48m46 (0,2422 dia) a cada ano trópico. As horas excedentes são somadas e adicionadas ao calendário na forma inteira de um dia (4 x 6h = 1 dia).
No caso do Calendário Gregoriano este dia extra é incluído no final do mês de fevereiro, que passa a ter 29 dias (ano com 366 dias) em lugar dos 28 dias de anos normais (ano de 365 dias).
Determinação dos anos bissextos
As regras para determinação do ano bissexto são distintas em três períodos:
Calendário Juliano
O Calendário Juliano vigorou inicialmente de 45 a. C. até 7 d. C.. Em 46 a. C. o ditador Júlio César, no final de seu governo, modifica radicalmente o calendário de Numa Pompílio e a partir de 45 a. C. e durante todo este período inicial de uso deste calendário, o dia extra era acrescentado após o dia 25 de Februarius e deveria ocorrer de três em três anos.
Foi neste período e em conseqüência da forma com que os romanos contavam os dias do mês que estes anos com um dia a mais ficaram conhecidos como anos bissextos. O erro da inserção de anos bissextos de a cada três anos em vez de quatro só foi detectado cerca de trinta anos mais tarde. Julga-se que este erro tenha sido corrigido pela não existência de anos bissextos entre 12 a. C. e 3 d. C., ou seja, os anos bissextos do calendário juliano foram abandonados nesse período.
Calendário AugustianoO Calendário Augustiano vigorou de 8 d. C. até 1581. Em 8 d.C. o imperador César Augusto fez uma correção no calendário e a partir deste ano e durante todo este período até 1581 o dia extra era acrescentado após o dia 24 de Februarius e deveria ocorrer de quatro em quatro anos. Com o passar dos anos, aquela forma de contagem dos dias do mês foi mudando e em lugar de ser interpretado como um duplo dia 24 ele já passou a ser interpretado como um dia a mais que era incluído no final do mês de Fevereiro.
O senado romano homenageou o imperador trocando o nome do mês Sextilius para Augustus que passou de 30 para 31 dias, sendo retirado de Februarius que passou de 29 para 28 dias o que afetou o ponto de inclusão do dia extra.
O Calendário Augustiano ou Juliano/Augustinado é considerado muitas vezes como uma revisão pequena do Calendário Juliano, prevalecendo o entendimento de que o Calendário Juliano vigorou de 45 a. C. a 1581.
Calendário Gregoriano
Em 1582, para corrigir o atraso acumulado, o Papa Gregório XIII modificou e ajustou o calendário, que ficou conhecido como Calendário Gregoriano. Definiu-se que o ajuste deveria ser feito de forma que o equinócio de março caísse no dia 21 daquele mês, o que estava em conformidade com o primeiro Concílio de Niceia (325 d.C). Para isso o Papa Gregório encomendou estudos que permitissem corrigir os erros dos calendários passados buscando definir os ajustes de acordo com a Páscoa cristã, atrelada ao equinócio de março. Buscou também uma regra muito mais precisa para os anos bissextos.
Entre 325 e 1582 passaram-se 1257 anos. Como no sistema juliano a cada 128 anos haveria a necessidade retirar 1 dia do calendário, acumularam-se, depois de 1257 anos, aproximadamente 10 dias (9,82 dias). Portanto, em 1582, na transição entre os Calendários Juliano e Gregoriano, o dia 4 de outubro foi seguido pelo dia 15 de outubro. Os 10 dias entre eles foram retirados do calendário e não existem na sequência cronológica de contagem do tempo.
Feitas as correções de calendário definiu-se a nova regra para o cálculo dos anos bissextos:
De 4 em 4 anos é ano bissexto.
De 100 em 100 anos não é ano bissexto.
De 400 em 400 anos é ano bissexto.
Prevalecem as últimas regras sobre as primeiras.
Para melhor entenderSão bissextos todos os anos múltiplos de 400, p.ex: 1600, 2000, 2400, 2800...
São bissextos todos os múltiplos de 4 e não múltiplos de 100, p.ex: 1996, 2004, 2008, 2012, 2016…
Não são bissextos todos os demais anos.
Essa regra aproxima o ano trópico pelo valor de 365,2425 dias.
Em função da nossa longevidade média, é comum e compreensível que nos lembremos apenas da primeira regra, a de quatro em quatro anos, embora a correção dos anos bissextos seja mais complexa.
Como curiosidade, o ano de 2000 foi o segundo ano em que a terceira regra foi aplicada. Contudo, como foi ano bissexto, o ano de 1900 foi a última vez que a regra da divisão por 100 foi aplicada até os dias atuais; a próxima ocorrerá apenas em 2100.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

A CAMPANHA DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS JÁ COMEÇOU

Prefeitura Luizianne, presidente Dilma e governador Cid Gomes
Os partidos já começaram a se mobilizar para as eleições de outubro, onde vamos eleger prefeitos e vereadores, por todo o Brasil.
A visita da presidente Dilma Rousseff (PT) ao Ceará, ontem, ofereceu oportunidade para gestos que simbolizam uma tentativa de dar novo fôlego à aliança entre PT e PSB, que andou ameaçada por crises nos últimos dias. Tanto o governador do Estado, Cid Gomes (PSB), quanto a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), surpreenderam ao permanecerem ao lado de Dilma durante toda a agenda da presidente no Ceará. É claro, que o partido da presidente, já se articula para que a Prefeitura de Fortaleza continua sob o comando do PT.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

ENTREGA DO OSCAR SEMPRE PREVÍSÍVEL

A 84ª cerimônia de entrega do Oscar foi tão previsível quanto se esperava. Com exceção das categorias técnicas, a Academia de Artes e Ciências de Hollywood fez a alegria dos apostadores que preferiram não arriscar em seus bolões. No entanto, 2012 foi um ano histórico.
Meryl Streep e Jean Dujardin

Depois de 30 anos e somando 17 indicações, Meryl Streep ganhou seu 3º Oscar, por sua performance como a ex-Primeira Ministra inglesa Margareth Thatcher, em “A Dama da Ferro”. Ovacionada pela plateia, Streep se emocionou em seu discurso e agradeceu a seu maquiador e colaborador de longa data, J. Roy Helland, que também faturou o Oscar de Melhor Maquiagem.
“O Artista” confirmou seu favoritismo nas categorias principais. A dramédia francesa muda levou os Oscars de Melhor Figurino, Melhor Trilha Sonora, Melhor Ator, Melhor Diretor e Melhor Filme, o primeiro estrangeiro a levar o prêmio máximo da noite.
Produtor, diretor e elenco de O Artista

Já nas categorias técnicas, “A Invenção de Hugo Cabret” reinou praticamente absoluto, com os Oscars de Melhores Efeitos Visuais, Mixagem e Edição de Som, Direção de Arte e Fotografia, o que contrariou o favoritismo de “A Árvore da Vida”, que acabou a noite sem ter vencido em nenhuma das três categorias em que foi indicado.
Christopher Plummer

Uma das poucas surpresas foi “Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres”, que ganhou o prêmio de Melhor Montagem, o segundo consecutivo para a parceria entre os montadores Angus Wall e Kirk Baxter com o cineasta David Fincher, que venceram no ano passado por “A Rede Social”.
O filme iraniano “A Separação”, de Asghar Farhadi, também confirmou seu favoritismo disparado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. A aparente globalização da premiação, porém, não foi muito animadora para o Brasil, que estava indicado na categoria de Melhor Canção Original por “Real in Rio”, escrita por Carlinhos Brown e Sergio Mendes, da animação “Rio”, mas perdeu para “Man or Muppet”, de “Os Muppets”.
Asghar Farhadi

Duas outras produções que encerraram a noite com as mãos abanando foram “Cavalo de Guerra” e “O Homem que Mudou o Jogo”, ambos com seis indicações, incluindo Melhor Filme.
A cerimônia foi apresentada pela 9ª vez pelo comediante Billy Crystal, que deu início à festa com seu tradicional paródia aos indicados do ano. Suas piadas, tão previsíveis quanto os prêmios, foram no final uma escolha adequada para animar uma noite que, apesar de quebrar paradigmas e corrigir injustiças tardiamente, foi marcada por apostas certas e escolhas óbvias, culminando na vitória de um filme à moda antiga – o segundo filme mudo a vencer o Oscar, ou melhor dizendo, o primeiro filme mudo a vencer um Oscar desde 1929.
Octavia Spencer

Confira a lista completa dos vencedores

Melhor Filme
“O Artista’
Melhor Direção
“O Artista” – Michel Hazanavicius
Melhor Ator
Jean Dujardin – “O Artista”
Melhor Atriz
Meryl Streep – “A Dama de Ferro”
Melhor Ator Coadjuvante Christopher Plummer – “Toda Forma de Amor”
Melhor Atriz Coadjuvante Octavia Spencer – “Histórias Cruzadas”
Melhor Filme Estrangeiro“A Separação”
Melhor Filme de Animação
“Rango”
Melhor Roteiro Original“Meia-Noite em Paris” – Woody Allen
Melhor Roteiro Adaptado
“Os Descendentes” – Alexander Payne, Nat Faxon, e Jim Rash
Melhor Fotografia
“A Invenção de Hugo Cabret”
Melhor Direção de Arte
“A Invenção de Hugo Cabret”
Melhor Montagem
“Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres”
Efeitos Visuais
“A Invenção de Hugo Cabret”
Melhor Edição de Som
“A Invenção de Hugo Cabret”
Melhor Mixagem de Som
“A Invenção de Hugo Cabret”
Melhor Figurino
“O Artista”
Melhor Maquiagem
“A Dama de Ferro”
Melhor Trilha Sonora
“O Artista” – Ludovic Bource
Melhor Canção“Man or Muppet” – “Os Muppets”
Melhor Documentário
“Undefetead”
Melhor Documentário de Curta-metragem
“Saving Face”
Melhor Curta-metragem
“The Shore”
Melhor Curta Animado
“The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore”

domingo, 26 de fevereiro de 2012

FLU VENCE TAÇA GUANABARA E FRED DAR SHOW COM DANÇA ESQUISITA

A dança esquisita de Fred para celebrar gols entrou em ação duas vezes na tarde deste domingo, no Engenhão. O talento de Deco apareceu em outro lance, e a festa do Fluminense ficou completa. O time soube se impor à base de velocidade e frieza, derrubou o Vasco por 3 a 1 e levou a Taça Guanabara. Eduardo Costa fez o gol cruz-maltino.
Além de garantir o título do primeiro turno e a vaga na final do Campeonato Carioca, a vitória tem efeitos importantes no início de ano do Fluminense. Antes pressionado e até ameaçado de demissão, o técnico Abel Braga ganha força. O sistema ofensivo com Deco, Thiago Neves, Wellington Nem e Fred também. O quarteto teve ótima atuação no primeiro tempo e empolgou os torcedores.
Há também o lado das estatísticas. O Tricolor não vencia uma Taça Guanabara desde 1993 - 1 a 0 sobre o Volta Redonda, gol de Ézio. A taça deste domingo é a nona da história do clube. Por fim, o incômodo jejum de 12 clássicos sem vitória (seis empates e seis derrotas) também caiu.
Depois de oito vitórias seguidas no estadual, o Vasco perdeu quando não podia. A atuação confusa do sistema defensivo e a insistência com bolas aéreas no ataque - foram 33 durante a partida - custaram caro. No fim, com Dedé de centroavante, o time ensaiou uma pressão, mas foi em vão.
O Vasco estreia na Taça Rio contra o Bonsucesso, quarta-feira, em São Januário. A partida será às 19h30m. No mesmo dia, às 17h, o campeão Fluminense viaja a Volta Redonda para enfrentar o Resende.
Confira os gols da vitória tricolor:
video

CRATEÚS EMPATA NO FINAL E CEARÁ PERDE A VICE-LIDERANÇA

Quando a vitória do Ceará já parecia certa, o Crateús empatou nos minutos finais da partida, explodindo a torcida no Jumelão. Com o placar de 1 a 1, o Crateús mantém a invencibilidade jogando em casa. Já o Ceará está na 3ª colocação, com 24 pontos.
O Guerreiro do Poty terminou o primeiro tempo perdendo a invencibilidade dentro de casa. O maior destaque da primeira etapa foi Rogerinho, Ceará. Aos 20 minutos, o meia, com chute forte, abriu o placar para o Vovô. Antes, aos 12 minutos, ele já havia dado assistência à Eusébio, mas a bola acabou defendida pelo goleiro do Crateús.
Aos 29 minutos, mais uma vez Eusébio perdeu uma boa oportunidade, depois de receber a bola de Rogerinho. Perdendo em casa, o Crateús ainda tentou empatar. Porém, com o Ceará na retranca, não foi possível. No finalzinho da primeira etapa, na cobrança de falta do Crateús, Jadilson ainda tentou deixar tudo igual, mas a bola foi para fora.
 O segundo tempo começou com o Crateús pressionando. Em pouco tempo, o Ceará mostrou que não queria saber de brincadeira. Tanto que, aos 8 minutos, Branco acabou salvando o Guerreiro do Poty, tirando a bola em cima da linha.
Nas próximas jogadas, o Vovô perderia muitas outras boas chances. Só Misael perdeu duas seguidas. Aos 27 minutos, Felipe Azevedo também não soube aproveitar uma boa oportuinidade e, aos 44 minutos, Edérson, de cara para o gol, não conseguiu ampliar o placar.
O Crateús adquiriu confiança e foi em busca do empate. E conseguiu. Aos 47 minutos, Marquinhos Rato garantiu o empate ao Guerreiro do Poty e conseguiu manter o feito da equipe: continua invicta no Jumelão.
Ficha técnica:
CRATEÚS 1 X 1 CEARÁ
Crateús: Renato; Geovane, Branco, Erilson e Joãozinho; Gil Pernambucano, Deines (William Carioca), Gildazio e Dino Sousa; Jadilson (Marquinhos Rato) e Diego.Técnico: Maurilio Silva.
Ceará: Adílson; Apodi, Heleno, Daniel Marques e Paulo Sérgio; Everton, Eusébio (Geovane), Bruno, e Rogerinho (Luis Henrique); Misael (Éderson) e Felipe Azevedo. Técnico: Lula Pereira.
Arbitragem: Avelar Rodrigo auxiliado por Armando Lopes e Pereira Neto.
Gols: Rogerinho 20/1T (Ceará); Marquinhos Rato 47/2T.

Confira os melhores momentos:
video

FORTALEZA GOLEIA FERROVIÁRIO E SEGUE LÍDER

Fortaleza aumentou ainda mais a vantagem no Campeonato Cearense com goleada sobre o time coral. Depois de vencer o Ferroviário por 4 a 1, o Leão fechou a primeira metade da fase de classificação com 5 pontos à frente de Horizonte e Ceará. Já o Ferroviário sofre uma crise sem fim, com apenas cinco pontos marcados.
Com mais posse de bola, o Fortaleza recorreu às jogadas pelas laterais para abrir caminhos na defesa do Ferroviário. Depois de Rafinha sofrer falta, Guto cobrou com precisão para a cabeçada de Ciro Sena, que abriu o placar no PV.
Com o placar favorável, a equipe do Pici não esmoreceu. Rômulo, que não conseguiu fazer nenhum gol, sofreu pênalti que Geraldo cobrou para alargar a vantagem tricolor. Mas a folga não durou muito, porque Canga descontou para o Ferroviário antes do fim do primeiro tempo e recolocou o time no jogo no início da segunda etapa.
Mas o otimismo coral não demorou a virar frustração. Cléo, que já havia desperdiçado diversas conclusões, não vacilou diante do goleiro Handerson aos 9 minutos do segundo tempo. A partir daí, o jogo ficou mais confortável para o Leão. Tanto que a goleada se consolidou com Careca, num chute de fora da área em uma bela tabela com Rômulo.
GRANDE DEFESA DE LOPES
Lopes, que sendo muito criticado por uma parte da torcida, fez uma importante defesa, em puro reflexo, quando o jogo estava em 2 x 1, assegurando a vantagem tricolor.
Ficha técnica:
Fortaleza 4 x 1 Ferroviário
Fortaleza: Lopes, Rafinha, Ciro Sena, Cléber Carioca, Guto; Leandro (Jefferson), Careca, Marielson (Rogério) e Geraldo, Cléo e Rômulo (Marquinho). Técnico: Nedo Xavier
 Ferroviário: Handerson, Cesinha, Bruno, Agnaldo, Felipe Cauan, Nego, Rildo (Hélder), Everton (Marcelinho), Daniel (Matheus), Canga, Rafinha. Técnico: Flávio Mendes
Árbitro: Hélber Vieira
Assistentes: Mardônio Vieira e Marcos Xavier
Amarelos: Marielson, Felipe Cauan, Rômulo, Careca, Marcelinho, Rildo, Ciro Sena, Geraldo, Bruno, Marquinho, Cléber Carioca
Gols: Ciro Sena (22 min do 1ºT), Geraldo (40 min do 1ºT), Canga (43 do 1ºT), Cléo (9 min do 2º T), Careca (19 min do 2ºT)

Confira os melhores momentos da partida:
video

sábado, 25 de fevereiro de 2012

RACHA DA AMIZADE (WHITES GOLEIAM WINES)

Neste sábado, depois do feriado de Carnaval, os atletas do Racha da Amizade voltaram a campo. Alguns racheiros ainda não estão na melhor forma física, mas mesmo assim o racha foi muito movimentado, apesar do placar elástico com vantagem para o time de coletes brancos.
O jogo começou com o time de coletes vinhos, melhor, mas numa infelicidade do zagueiro Lucas, o time de branco abriu o placar. Momentos depois o time de vinho se perdeu em campo, com reclamação generalizada. Os Wines melhoraram depois que Prego saiu da posição de volante e Irapuan voltou para ajudar na marcação. Na segunda etapa as coisas pioraram  ainda mais para os Wines e o placar final ficou em 6 x 2 para os Whites, com muita justiça.

FICHA TÉCNICA
WHITES 6 X 2 WINES
Branco: Caíque, Bibi, Gleidson, Matheus, Humberto, Rosalvo, Fernando (Ítalo), Dudé (Aymoré), Ítalo (Márcio Torres) Jorge (Marquinhos) e Igor (Felipe),
Gols: Rosalvo (1), Jorge (1), Felipe (1), Ítalo (1), Marquinhos (1), Bibi (1)
Vinho: Valtecir, Tarcísio (Bruno), Beto (Leimar), Lucas (Douglas), Abner (Kadim/Jorge), Prego, Yvanzinho, Jean (Wellington), Irapuan (Abner), Brandão e Anchieta (Jean).
Gols: Brandão (1), Douglas(1)
Cartão Amarelo: Irapuan, Valtecir

HISTÓRIA (121 ANOS DA ELEIÇÃO DE MARECHAL DEODORO)

Marechal Deodoro da Fonseca entra para o RankBrasil por ser o Primeiro presidente do país, governando de 25 de fevereiro de 1891 a 23 de novembro de 1891.
O recordista foi o líder militar do movimento que derrubou o Imperador D. Pedro II e colocou fim ao regime monárquico do Brasil.
A proclamação da República aconteceu em 15 de novembro de 1889, com a instalação de um governo provisório, também comandado por Marechal Deodoro, entre 15 de novembro de 1889 e 24 de fevereiro de 1891.
Depois de oficializada a primeira constituição da República, no dia 24 de fevereiro de 1891, Marechal Deodoro foi eleito presidente e Marechal Floriano Peixoto, vice-presidente. A vitória teve uma pequena diferença de votos: 129 contra 97 de Prudente de Morais.
Como presidente, o recordista promoveu medidas importantes para a nação, regulamentou o casamento civil, separou a igreja do estado, estabeleceu normas para o uso de símbolos nacionais como selos, hino, bandeira e armas.
Durante seu mandato, a economia brasileira passou por uma grave crise conhecida por 'encilhamento', que gerou uma onda de inflação, especulações e falências.
A decadência de seu governo veio através da disputa com a oposição e ficou mais tensa quando Deodoro fechou o Congresso e os militares da Marinha ameaçaram bombardear a então capital do país, o Rio de Janeiro.
O presidente já não contava mais com o apoio político e sofria pressão para deixar o cargo. Assim, em 23 de novembro de 1891, Marechal Deodoro renunciou ao poder e se aposentou no exército brasileiro. Ele morreu no dia 23 de agosto de 1892, na cidade do Rio de Janeiro.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

CEARÁ VENCE ICASA E VOLTA A VICE-LIDERANÇA

O Ceará voltou a ocupar a vice-liderança do Estadual com 23 pontos. O líder Fortaleza tem 26. Em noite de total domínio sobre o Icasa, o Vovô ganhou de 2 a 0, no estádio Presidente Vargas.
O placar poderia ter sido maior se o atacante Felipe Azevedo não tivesse desperdiçado duas cobranças de pênalti e também pelo bom desempenho do goleiro Carlos Luna, do Icasa. O Verdão do Cariri prossegue em 9º lugar, com apenas sete pontos.
A partida marcava a estreia do treinador Lula Pereira pelo Vovô. Logo aos 15 minutos, Éverton foi derrubado por Mimi dentro da área. Pênalti para o Ceará. Quando parecia que o primeiro gol ia sair, decepção. Felipe Azevedo bateu torto, para fora.
Apesar da perda do pênalti, o Ceará continuava superior em campo. Além de ter mais posse de bola, o Vovô chegava com facilidade no setor defensivo do Icasa.
Aos 26 minutos, em uma das investidas do ataque alvinegro, Felipe Azevedo encontrou espaço na entrada da área e chutou forte. O goleiro Carlos Luna pulou, mas nada encontrou.
Aos 30 minutos, mais um pênalti para o Ceará. André Turatto perdeu o tempo da bola e derrubou Leandro Chaves. Mais uma vez Felipe Azevedo foi para a cobrança. O goleiro Carlos Luna se movimentou bem debaixo da trave e fez a defesa.
Se a situação já não estava boa para o Verdão do Cariri, o time ainda perdeu um jogador no 1º tempo. Deives, que já tinha cartão amarelo, fez falta dura e foi expulso de campo. Com um atleta a menos, o Icasa se retrancou ainda mais para a segunda etapa.
Coube ao goleiro Carlos Luna se transformar no destaque do time de Juazeiro do Norte. Com tantas finalizações do Alvinegro, o goleiro do Icasa fez milagres para evitar o segundo gol do Ceará. Mas não teve jeito.
Aos 13 minutos, em jogada rápida, Leandro Chaves recebeu o passe na pequena área e completou para o gol. Depois, o Vovô ainda teve outras chances de ampliar, mas esbarrou novamente no "paredão" Carlos Luna.
FICHA TÉCNICA
Ceará 2 x 0 Icasa
Ceará: Fernando Henrique; Apodi, Heleno, Daniel Marques e Paulo Sérgio; João Marcos (Bruno), Éverton, Rogerinho (Misael) e Leandro Chaves; Romário (Ederson) e Felipe Azevedo. Técnico: Lula Pereira
Icasa: Carlos Luna; Rayan, Naka, André Turatto e Jucemar; Davis, Mimi (Lima), Carlinhos e Neto Paulista (Éder); Bismarck e Marcelo Braz (Davi). Técnico: Oliveira Lopes
Local: Estádio Presidente Vargas
Data: 23/2/2012
Árbitro: Cleuton Lima
Assistentes: Mardônio Ribeiro e Ricardo Dantas
Cartões amarelos: Romário (C), Paulo Sérgio (C), Leandro Chaves (C), Bruno (C), Éverton (C), Marcelo Braz (I), Mimi (I), Carlinhos (I)
Cartão vermelho: Deives (I)
Gols: Felipe Azevedo, aos 26min do 1º tempo; Leandro Chaves, aos 13min do 2º tempo

Confira os melhores momentos da partida:
video

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

AGENTES DA AMC ENCERRAM GREVE

Os servidores da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania de Fortaleza (AMC) anunciaram o fim da greve da categoria, após assembleia encerrada na noite desta quinta-feira, 23 de fevereiro. Os agentes de trânsito estavam de braços cruzados desde o início de fevereiro.
De acordo com o Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort), os profissionais retomarão as atividades a partir das 6h desta sexta-feira, 24. “A decisão visa expressar um voto de confiança para o governo municipal e apontar para a superação do impasse nas negociações”, justificou o sindicato da categoria, por meio de nota.
Representantes da Prefeitura de Fortaleza e os servidores da AMC se reunirão às 16h desta sexta-feira. A categoria afirma que vai discutir as demissões e outras penalidades aos grevistas, além das negociações da campanha salarial. “A reposição dos dias paralisados e pagamento em folha suplementar dos salários dos demitidos também serão discutidos na reunião”, acrescenta o Sindicato.
No início da greve, deflagrada em 3 de fevereiro, a principal reivindicação da categoria era o reajuste da gratificação pelo efetivo exercício de função, de R$ 178 para R$ 450.
Durante as paralisações, a Justiça chegou a decretar a ilegalidade da greve. Dias depois, a Prefeitura anunciou a demissão de 10 agentes de trânsito que estavam em estágio probatório que teriam participado das manifestações dos servidores. No dia seguinte ao anúncio oficial da exoneração, uma liminar judicial reverteu o caso e proibiu as demissões.

COMEÇA LIMPEZA NO HJ, MAS QUADRA DA DOM BOSCO CONTINUA DETERIORADA

O HJ NOTÍCIAS flagrou hoje, 23 de fevereiro a limpeza no bairro Henrique Jorge. O HJ pode notar que existe muitas pessoas da limpeza pública fazendo um belo trabalho no bairro, mas em compensação a quadra da Praça Dom Bosco, localizada na Avenida Porto Velho está totalmente deteriorada a muito tempo. A quadra é muito frequentada por crianças e jovens da periferia para prática de esportes, mas a Prefeitura não se sensibiliza para que as pessoas frequentem com mais qualidade e segurança o local.

Confira a matéria:
video

FORTALEZA GOLEIA CRATEÚS E SEGUE FIRME NA LIDERANÇA

O Leão goleou o Crateús por 4 a 0, no estádio Presidente Vargas, e chegou aos 26 pontos. São cinco pontos a mais que o Horizonte, vice-líder do Estadual. Além da vitória aplaudida pela torcida, o Fortaleza manteve a invencibilidade na competição.
O Fortaleza chegou ao primeiro gol aos 16 minutos. Em jogada de Geraldo, ele tocou para Rômulo que apenas apoiou para que Cleo, livre de marcação, mandasse para dentro do gol.
Fortaleza comandava as ações em campo. O Leão chegava com facilidade na defesa do Crateús, que não conseguia passar da marcação tricolor.
A superioridade técnica do Leão prevalecia na segunda etapa. Geraldo, que fazia uma boa partida, mandou uma bola na trave após se livrar da marcação da zaga do Crateús, aos 10 minutos. Minutos depois, ele mais uma vez exigiu difícil defesa do goleiro Renato.
O Fortaleza conseguiu um pênalti quando Cleo foi derrubado dentro da área, aos 31 minutos. Geraldo cobrou, mas a bola esbarrou na trave. Rafinha aproveitou o rebote para fazer o gol. No entanto, a arbitragem assinalou impedimento do jogador tricolor no lance.
Geraldo era o maestro tricolor. Rafinha recebeu o "presente" e marcou o terceiro gol do Tricolor do Pici, aos 38 minutos. Não demorou muito e Geraldo, de novo, serviu a Guto para fechar o placar do jogo: 4 a 0. Antes do término da partida, Cleo ainda colocou outra bola na trave.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 4 X 0 CRATEÚSFortaleza: Lopes; Rafinha (Edinho), Ciro Sena, Cléber Carioca e Guto; Careca, Lucas (Rogério), Marielson e Geraldo; Rômulo (Marquinhos) e Cleo. Técnico: Nedo Xavier
Crateús: Renato; Geovani, Branco, Bruno Recife (William Carioca) e Gil Pernambucano (Danielzinho); Márcio Silva (Paulinho), Dieines, Gildázio, Jadilson; Dinho Souza e Diego. Técnico: Maurílo Silva
Local: Estádio Presidente Vargas
Data: 22/2/2012
Árbitro: Almeida Filho
Assistentes: Arnaldo Souza e Anderson Farias
Cartões amarelos: Ciro Sena (F), Lucas (F), Gil Pernambucano (C)
Gols: Cleo, aos 16min, Guto, aos 34min do 1º tempo e aos 40min do 2º tempo; Rafinha, aos 38min do 2º tempo
Renda: R$ 48.674,00
Público: 3.693 pagantes e 451 não pagantes

Confira os melhores momentos do jogo:
video

UNIDOS DA TIJUCA É CAMPEÃ DO CARNAVAL CARIOCA 2012

A Unidos da Tijuca foi eleita a campeã do carnaval carioca nesta quarta-feira (22 de fevereiro). A escola da Zona Norte é a vencedora pela terceira vez em sua história após uma acirrada disputa na apuração do Grupo Especial que aconteceu nesta tarde na Sapucaí. Porto da Pedra e Renascer de Jacarepaguá foram rebaixas para o Grupo de Acesso A. O desfile das campeãs acontecerá no dia 25 de fevereiro (sábado).
Em disputa apertada, escola da Zona Sul ganhou o título pela 3ª vez.
A agremiação, campeã em 1936 e 2010, apostou mais uma vez na criatividade do carnavalesco Paulo Barros, famoso por trazer inovação para a Passarela do Samba. A escola trouxe vaqueiros, sanfonas e baião para celebrar Luiz Gonzaga, que completaria cem anos em 2012 se estivesse vivo. O enredo teve o título de "O dia em que toda a realeza desembarcou na Avenida para coroar o Rei Luiz do Sertão".

Líder o tempo inteiro
Treze agremiações do Grupo Especial do Rio de Janeiro disputaram o título de campeã do carnaval. Quarenta jurados avaliaram dez quesitos: mestre-sala e porta-bandeira, fantasia, conjunto, evolução, alegorias e adereços, comissão de frente, harmonia, bateria, enredo e samba-enredo. A Unidos da Tijuca manteve-se sem à frente das concorrentes. O HJ NOTÍCIAS parebeniza a todos que fazem a Escola!

Confira um pouco do destile da campeã:
video

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

QUARTA-FEIRA DE CINZAS E A CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2012

Com a bênção e a imposição das CINZAS, iniciamos hoje o tempo Sagrado da Quaresma em preparação à Páscoa e a Campanha da Fraternidade...
É um apelo à conversão e a uma renovação interior.
As Leituras aprofundam esse tema:
A 1ª Leitura é um convite à CONVERSÃO:
"Voltai para mim de todo o coração". (Jl 2,12-18)

A terra de Israel fora invadida pelos gafanhotos. O profeta Joel entendeu que não era castigo de um Deus magoado, porque o povo se afastara do seu Deus, mas um momento de graça, chamando para o verdadeiro sentido da vida. Por isso, dirige o convite do Senhor: "Voltai para mim com todo o coração". Deus está sempre pronto a acolher e a perdoar.

* Hoje o Senhor nos dirige o mesmo apelo:
"Voltai para mim de todo o coração". A Quaresma é esse tempo oportuno. Não obstante nossas infidelidades, nossas fraquezas, nossas indecisões, Deus guiará certamente nossos passos para o encontro com ele.
A 2ª Leitura é um convite à RECONCILIAÇÃO:
"Deixai-vos reconciliar com Deus". (2Cor 5,20-6,2)

Para Paulo, o pecado é um desacordo, um estado de inimizade, entre o homem e Deus. Essa hostilidade deve ser superada, é necessário restabelecer a harmonia.

* A Quaresma é uma oportunidade que nos é oferecida
para rever hoje a nossa relação com Deus.
"Agora é o tempo favorável! Agora é o dia da Salvação".

No Evangelho, Jesus lembra três práticas da religiosidade judaica, cuja prática é recomendada na Quaresma: A esmola, a Oração e o jejum e o espírito com que devem ser praticadas. (Mt 6,1-6.16-18)

1) A Esmola deve ser "em segredo" e não uma ocasião para se exibir ou para ser elogiado publicamente.
"Que tua mão esquerda não saiba o que faz a direita".
* Hoje, mais do que esmola falamos de solidariedade, de partilha, de atenção aos necessitados.

2) A Oração não deve ser uma repetição monótona de fórmulas, nem mesmo uma lista de petições.
Deve ser um Diálogo com Deus para entender e aceitar o seu projeto.
Essa Oração é escuta e abertura do coração para nos dispor a acolher os planos de Deus em nós. Requer tempo e ambientes adequados.

3) O Jejum pregado por Jesus afasta-se do jejum dos fariseus e alinha-se mais com o jejum dos profetas. Não é expressão de luto e de dor, mas sim expressão de alegria pela presença do Reino de Deus no mundo.
É interessante notar, que o Novo Testamento fala pouco do jejum.
São Paulo não o menciona. Jesus fala disso em apenas duas ocasiões:
uma para justificar seus discípulos que não jejuam; a outra no episódio de hoje, quando diz o espírito do verdadeiro jejum.

FRATERNIDADE E SAÚDE PÚBLICA, com esse tema e o lema "Que a saúde se difunda sobre a terra", iniciamos hoje mais uma Campanha da Fraternidade.
Unidos com Cristo, fonte da vida, da saúde e da paz, queremos aprender a cuidar da vida, zelando pela nossa saúde e renovando o compromisso de fazer com que todas as pessoas tenham acesso
aos meios necessários para a garantia da saúde e a preservação da vida.

O cuidado com a saúde é uma exigência fundamental na vida.
Zelar da saúde não é apenas combater as doenças, mas principalmente evitá-las. A saúde é dom de Deus, mas é também conquista humana.
O zelo pela saúde é responsabilidade de cada pessoa e dever do Estado.
O primeiro passo para que tenhamos uma boa saúde é ter uma alimentação sadia e evitar abusos, que provocam enfermidades.
Não basta combater as doenças quando elas aparecem.
É preciso aprender a evitá-las.

Todo cidadão tem direito à saúde e ao atendimento necessário para preservá-la ou defendê-la.
Mas na realidade isso não acontece de maneira satisfatória.
É nossa missão conhecer nossos direitos e exigir do Estado o cumprimento da sua obrigação.

A Igreja, através da Pastoral da Saúde, busca ser a voz sensibilizadora e denunciadora da exclusão e da marginalização dos doentes numa sociedade preocupada com o ter e o poder,
onde a saúde é vista como mercadoria e as pessoas adoecidas como um peso para o Estado.
Como cristãos e cidadãos, exigimos que nossos direitos sejam respeitados.

Cuidar da vida é zelar pelo dom mais precioso que Deus nos concedeu.
Por isso, é nossa missão amar, defender e proteger a vida desde a concepção até o seu declínio natural.

+ As CINZAS, que hoje recebemos, significam nosso compromisso com a vida, dentro do espírito que a Igreja nos propõe: Oração, jejum, caridade...
Que essas cinzas nos levem a um esforço pessoal e comunitário, a fim de que "Que a saúde se difunda sobre a terra".
Além de um atendimento de saúde mais humanizado e melhor atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS) a Campanha deste ano quer chamar a atenção da população para a adoção de hábitos de vida mais saudáveis e ainda valorizar os agentes das pastorais da saúde que com dedicação trabalham voluntariamente.
Esperamos que a Campanha fomente o espírito fraterno para com as pessoas doentes e idosos, pensando que o Brasil está num processo de transição demográfica onde a população está envelhecendo. (Fonte: B. N. Aguas)

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

APURAÇÃO DO CARNAVAL DE SÃO PAULO É SUSPENSA POR VANDALISMO

A apuração do desfile das escolas de samba do Carnaval de São Paulo foi paralisada na tarde desta terça-feira após a invasão da área restrita aos jurados, desencadeando manifestações no sambódromo e com fogo atingindo carros alegóricos no local.
O tumulto começou quando um homem invadiu a bancada do júri e começou a rasgar envelopes com as notas, segundo imagens na TV. A polícia agiu rapidamente para dispersar os manifestantes, que correram para as pistas da Marginal Tietê.
A apuração já estava perto de ser concluída quando o incidente ocorreu. A Mocidade Alegre estava em primeiro lugar.

Confira um pouco da confusão:
video

CARNAVAL NO HJ

Em todo o Brasil acontece o Carnaval, em vários estilos cada qual com a cultura de sua região. Aqui no bairro Henrique Jorge, o que predominou foi o famoso mela-mela, com a tradicional goma. Amanhã na quarta-feira de cinzas as pessoas estarão voltando ao trabalho e a vida continuará.
O HJ NOTÍCIAS deseja que todos voltem para suas casas com segurança, muito cuidado nas estradas, pois uma grande parte da população de Fortaleza está curtindo o Carnaval no interior do Estado.

Confira um pouco da festa que a criançada fez no Henrique Jorge:
video

HISTÓRIA DO CARNAVAL NO BRASIL

O carnaval chegou ao Brasil em meados do século XVII, influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em países como a França, o carnaval acontecia em forma de desfiles urbanos, ou seja, os carnavalescos usavam máscaras e fantasias.
Embora de origem europeia, muitos personagens foram incorporados ao carnaval brasileiro, como, por exemplo, Rei momo, pierrô, colombina, etc.
Os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos cortejos de automóveis (corsos) surgiram nessa época, mas tornaram-se mais populares no começo do século XX. As pessoas decoravam seus carros, fantasiavam-se e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades, dando origem aos carros alegóricos.
O carnaval tornou-se cada vez mais popular no século XX, e teve um crescimento considerável neste período, que ocorreu em virtude das marchinhas carnavalescas (músicas que faziam o carnaval mais animado).
A primeira escola de samba foi criada no dia 12 de agosto de 1928, no Rio de Janeiro, e chamava-se “Deixa Falar”.
Anos depois, a escola mudou seu nome para Estácio de Sá. A partir deste momento o carnaval de rua começou a ganhar um novo formato. Com isso, no Rio de Janeiro e São Paulo, começaram a surgir novas escolas de samba. Organizadas em Ligas de Escolas de Samba, iniciaram os primeiros campeonatos para constatar qual escola de samba era a mais bela e animada.
A Região Nordeste permaneceu com as tradições originais do carnaval de rua como, por exemplo, Recife. Já na Bahia, o carnaval de rua conta com a participação dos trios elétricos, embalados por músicas dançantes, em especial pelo axé. No estado do Ceará, a maioria das pessoas preferem o interior, principalmente as cidades praianas, apesar do desfile que acontece em Fortaleza.

EM PARACURU OS PAREDÕES REINAM NO CARNAVAL

Na cidade litorânea Paracuru, muito procurada por turista da cidade de Fortaleza, o que vem reinando são os paredões, formado, principalmente por jovens que gostam e aguentam os sons dos paredões. Sem espaço na cidade alencarina, por causa da Lei do Silêncio, as pessoas levam os paredões para o interior, e com a permissividade que é "normal" no Carnaval os amantes dos paredões "deitam e rolam".

Confira um pouco o som dos paredões em Paracuru:
video

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

CARNAVAL NO BENFICA

Quem optou por curtir o Carnaval em Fortaleza este ano pode contar com várias opções. Nas praias durante o dia foi lotação, principalmente com a presença de vários turistas. Durante a noite, além da Praia de Iracema e Domingos Olímpio, o folião também teve o Benfica como excelente opção para fazer a festa.

Confira um pouco do carnaval no Benfica:
video

sábado, 18 de fevereiro de 2012

PRIMEIRO DIA DO CARNAVAL EM PARACURU

No litoral oeste do Estado do Ceará, a cidade mais procurada por foliões, principalmente de Fortaleza é sem dúvida nenhuma, Paracuru. A cidade leva vantagem em relação as outras, pela localização do centro ser muito próximo a praia, o que ajuda muito a folia na cidade.
Confira um pouco do primeiro dia de shows, promovidos pela Prefeitura:
video

PRIMEIRO DIA DO CARNAVAL EM ARACATI

O Carnaval no Estado do Ceará tem a tradição dos foliões irem brincar nas diversas praias do estado. Uma das cidades que tem um lindo litoral é Aracati. Diversas pessoas de Fortaleza se deslocam para se divertir na praia de Canoa Quebrada e outras tão lindas da cidade leste do Ceará.
Confira um pouco do carnaval em Aracati, na sexta-feira:
video

FORTALEZA APENAS EMPATA COM TRAIRIENSE EM TARDE CHUVOSA

Em jogo da quarta rodada do Campeonato Cearense, o Fortaleza empatou com o Trairiense em 3 a 3, na tarde deste sábado de Carnaval, no estádio Domingão, em Horizonte.
Com este resultado, o Tricolor somou 23 pontos e abriu três pontos de vantagem na liderança do Estadual. O Ceará é o segundo, com 20 pontos.
Já o Trairiense chegou aos cinco pontos e deixou a lanterna da competição, mas continua na zona de rebaixamento, em décimo lugar.
O próximo compromisso do Tricolor será na Quarta-feira de Cinzas, diante do Crateús, no estádio Presidente Vargas. Já o Trairiense enfrenta o Itapipoca, no estádio Perilão, também na próxima quarta-feira.
OUTRA VIRADA
Mais uma vez o Fortaleza começou perdendo e conseguiu a virada. Mas desta vez o adversário conseguiu fazer o terceiro e o tricolor apenas empatou no final.
"FRANGO" DO GOLEIRO LOPESO seu terceiro gol do Trairiense foi um verdadeiro "frango" do goleiro Lopes, que saiu bastante vaiado pela torcida tricolor.
INGRESSO "SALGADO"
O valor do ingresso para a partida teve o valor de R$ 30,00. Valos bastante "salgado" para uma partida em sábado de carnaval, onde a maioria das pessoas já estão com as finanças comprometidas por conta da folia. Se a intenção foi reduzir o público, o objetivo foi alcançado: poucos mais de 800 pagantes.
FICHA TÉCNICA
TRAIRIENSE 3 X 3 FORTALEZA
Trairiense - Aloísio, Wescley, Elton, Cícero César, Mika, Stênio (Glauber), Tita, Jorge Luiz (Cleitinho), Diego, AlexParaíba, Serginho (Vinicius). Técnico: Julio Araújo
Fortaleza - Lopes; Rafinha, Gilmak, Cléber Carioca e Guto; Careca, Lucas (Marielson), Bismarck (Marquinhos) e Geraldo; Cléo e Rômulo (Thiago Potyguar). Técnico: Nedo Xavier
Cartões amarelos: Elton, Stênio, Alex Paraíba, Cícero César (Trairiense); Marielson (Fortaleza).
Gols: Alex Paraíba 10/1ºT; Alex Paraíba 18/2ºT; Alex Paraíba 41 2ºT (Trairiense); Marielson 1/2ºT; Rafinha 13/2ºT; Careca 47º/2T (Fortaleza).

O HJ NOTÍCIAS foi conferir a partida em Horizonte, confira alguns momentos:

Entrada do Fortaleza em campo:
video


Presidente tricolor antes da partida:
video


Gol de Rafinha:
video

Festa da torcida:
video

Com ingressos caros, alguns torcedores assistem em caixas d'águas:
video

QUATRO DIAS DE FOLIA EM PARACURU

A praia de Paracuru, que todos os anos recebe muito fortalezenses e claro, muito moradores do bairro Henrique Jorge, vai contar com grandes atrações no Carnaval 2012. Bandas de axé, forró e samba vão animar os foliões durante os quatro dias de folia.
Este ano não será permitida a utilização de maisena como confete. Além disso, será proibido o uso de garrafas de vidro nas Praças do Farol e na Praça de Eventos.
Praça da Matriz
Durante o Carnaval na Praça da Matriz, a banda Som Mania anima a criançada das 17h30 às 20h. Logo em seguida, até às 3h da manhã, as músicas serão voltadas aos foliões tradicionais, que vão poder relembrar as marchinhas carnavalescas.
Praça do Farol e Praça de Eventos
Sábado (18)
Horário: das 15hs às 19h30
Local: Praça do Farol
Atrações: Forró Mania Elétrico e Zanzibar
Horário: das 20hs às 3h
Local: Praça de Eventos
Atrações: Garota Bronzeada, Solteirões do Forró Elétrico e Maria Baiana
Domingo (19)
Horário: das 15hs às 19h30
Local: Praça do Farol
Atrações: Matéria Prima, Forno Elétrico e Lú de Sousa
Horário: das 20hs às 3h
Local: Praça de Eventos
Atrações: Forró de Ouro Elétrico, Balachick e Banda Patrulha
Segunda-feira (20)
Horário: das 15hs às 19h30
Local: Praça do Farol
Atrações: Kakiado Elétrico, Bonde Elétrico e Xampú
Horário: das 20hs às 3h
Local: Praça de Eventos
Atrações: Pra Balança, Pé de Ouro Elétrico e Banda Pinote da Bahia
Terça-feira (21)
Horário: das 15 às 19h30
Local: Praça do Farol
Atrações: Garota Bronzeada e Samba Vip
Horário: das 20hs às 3h
Local: Praça de Eventos
Atrações: Bandana da Bahia, Seu Maxixe e Ed Camaleão

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

"NOSSO RACHA" FAZ SUCESSO A MAIS DE 20 ANOS NO TIGRÃO

Nosso Racha, acontece todas as sextas-feiras à noite no campo do Tigrão faz a alegria das pessoas que comparecem ao Estádio. O racha é organizado pelo desportista Dodô, que também é árbitro de futebol. Há mais de 20 anos o Nosso Racha acontece. Devido ao grande número de atletas, pela qualidade da organização tem que ser dividido em duas partidas: a primeira é para os atletas mais antigos no racha e a segunda para o pessoal que estão mais recente participando.
O HJ NOTÍCIAS foi conferir o Nosso Racha na última sexta-feira (10 de fevereiro) e pode confirmar a excelente organização, desde o momento de selecionar os atletas em suas equipes até a água mineral que todos tem direito e, claro uma arbitragem de primeira linha. O HJ também observou, que tem muitos craques no racha, como o lateral Jeferson, o meia Betinho e os atacantes Tobias e Feitosa.
Outro diferencial do Nosso Racha é a eleição do Bola Cheia e Bola Murcha, todas as sextas-feiras. A eleição é feita por três atletas selecionados pela diretoria.
O HJ NOTÍCIAS parabeniza a todos que fazem o NOSSO RACHA!

Confira vários momentos do Nosso Racha

Dodô, diretor do Nosso Racha:
video

Lances do primeiro racha:
video

Craque Feitosa:
video

Tobias, fez 4 gols no primeiro racha. Teve direito a música e ainda acertou o placar do clássico-rei:
video

Meia Betinho:
video

Árbitro do racha, Ricardo Teixeira:
video

Gol de Feitosa, no segundo racha:
video

Depois do racha, a tradicional "Barca":
video

1º DIA DE AULA DO IAN, NO INFANTIL 5 (C7S)